NOTÍCIAS

4,8 mil toneladas de embalagens vazias de defensivos agrícolas têm destino adequado no Rio Grande do Sul

  • 03/02/2016 |
  • Larissa Pavan

O Sistema Campo Limpo (logística reversa de embalagens vazias de defensivos) destinou de forma ambientalmente correta 4.856 toneladas de embalagens vazias de defensivos agrícolas no Rio Grande do Sul em 2015. O número indica um crescimento de 8% em relação ao ano anterior. Segundo análise do inpEV (Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias), 45.536 toneladas foram destinadas em todo o Brasil no período. O estado do Rio Grande do Sul foi responsável por 11% desse montante.

O instituto bateu a meta estabelecida para 2015, de dar o destino ambientalmente correto a 45.500 toneladas de embalagens vazias de defensivos agrícolas. Desde o início das operações do Sistema Campo Limpo, em 2002, já foram destinadas mais de 360 mil toneladas do material. Para João Cesar M. Rando, diretor-presidente do inpEV, “os resultados mostram que o Sistema tem conseguido atender à crescente demanda da agricultura brasileira”.

ver mais notícias