NOTÍCIAS

Agricultura de Precisão ganha destaque em feira de Rio Verde

Pesquisador da Embrapa, Luciano Shozo, falou sobre Agricultura de Precisão. Foto: Larissa Melo

Com a ideia de obter o maior número de dados e características de um talhão para que o produtor tenha o máximo de aproveitamento de sua área, de maneira sustentável, a técnica de Agricultura de Precisão cada vez mais vem se tornando opção na otimização da produção agrícola. A ideia esteve em destaque durante palestra do pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Luciano Shozo, durante a 15ª edição da Tecnoshow Comigo. O pesquisador se apresentou no stand da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), montado em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Goiás (Senar Goiás), o Sindicato Rural (SR) de Rio Verde e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e foi enfático ao afirmar que com a constante profissionalização do meio rural, a Agricultura de Precisão ganhou espaço no agronegócio brasileiro e conquistou a atenção dos produtores rurais.

De acordo com o pesquisador, a Agricultura de Precisão é uma técnica que permite o produtor ter uma postura gerencial da sua propriedade. “Existem variabilidades no talhão que não dá para tratar na lavoura ou na propriedade como se ela fosse uniforme, ou seja, Agricultura de Precisão não é só a utilização de equipamentos modernos, mas também do manejo correto da plantação e da propriedade”, disse. “Atualmente, as práticas mais populares no país são relacionadas à aplicação de defensivos e corretivos em taxas variáveis. Um dos fatores também importante da técnica é a redução de custos e otimização da produção com benefícios econômicos e ambientais”, completou.

c100a34d 08a1 493d 950f 252a3391779e

De acordo com o pesquisador, a técnica permite o produtor ter uma postura gerencial da sua propriedade. Foto - Larissa MeloCom a principal função de incrementar tecnologias das máquinas dotadas de receptores GPS e geração de mapas de produtividade, a Agricultura de Precisão, segundo o pesquisador, avançou e hoje vai além dos equipamentos e das culturas de milho e soja. “A técnica também pode ser usada em todas as cadeias produtivas do setor agropecuário. Com medidas de gestão adaptadas à realidade de cada produtor, oferece ferramentas para otimização do uso de insumos e inovação permanente no campo”, frisou Luciano.

Mas de acordo com o pesquisador, um dos grandes gargalos é a formação e capacitação de técnicos para auxiliar o produtor na utilização da Agricultura de Precisão. “Precisamos de pessoas treinadas para repassar as informações para os produtores em sua lavoura. É preciso ter operadores que possam manusear as máquinas de forma correta, com acompanhamento presencial nas produções. Ainda esbarramos na falta de consultores e técnicos com propriedade para auxiliar na propriedade”, ressaltou.

Capacitação à distância e presencial
Levando em consideração a capacitação e profissionalização dos produtores, trabalhadores rurais e seus familiares, o Senar Goiás promove cursos e treinamentos sobre as técnicas de Agricultura de Precisão. “No portal de ensino à distância os produtores e trabalhadores rurais interessados na capacitação, encontrarão uma série de cursos gratuitos com certificados na área da Agricultura de Precisão. Só é preciso ter acesso a internet e programar seu próprio horário de estudos”, ratifica o coordenador técnico em agronomia do Senar Goiás, Fernando Couto.

409cd301 03c9 4694 bfbe 9d3ce77853d2

Fernando Couto, do Senar Goiás, explica que é preciso apenas ter acesso a internet e programar seu próprio horário de estudos. Foto - Larissa MeloCada curso tem carga horária de 17 a 18 horas. “Dividimos o conteúdo em sete cursos, que englobam os temas ligados as temáticas da Agricultura de Precisão. Os cursos são onlines, gratuitos e com certificado. Já na parte presencial, o principal objetivo é capacitar os interessados que trabalham no campo a utilizarem de forma correta as tecnologias disponíveis nas máquinas agrícolas”, explica Fernando.

O curso de Agricultura de Precisão a distância é gratuito para maiores de 15 anos. Os interessados podem participar e saber de mais informações através do site: www.ead.senargo.org.br. Para cursos presenciais é só procurar o Sindicato Rural de seu município.

Simulador
Até a próxima a próxima sexta-feira (15), o simulador de Agricultura de Precisão estará presente no stand da Faeg e do Senar Goiás, durante a Tecnoshow Comigo. Na ocasião, um técnico apresenta e explica aos visitantes como a máquina é utilizada nas produções.

ver mais notícias