NOTÍCIAS

Assembleia Legislativa de SP lança frente parlamentar em defesa do setor sucroenergético

Com o objetivo de assegurar o espaço para o debate de temas de interesse da agroindústria sucroenergética, a Assembleia Legislativa de São Paulo lançou ontem (26/11) a Frente Parlamentar em Defesa do Setor Sucroenergético, em cerimônia que reuniu deputados estaduais, representantes de secretarias ligadas ao Governo do Estado e a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA).

A frente, que reúne 23 deputados estaduais, entre membros e apoiadores, pretende mobilizar esforços para que a força produtiva do Estado não corra riscos ainda maiores de se estagnar ou mesmo de se retrair por conta de falta de políticas estratégicas. Hoje, 67 usinas estão em recuperação judicial no Brasil, sendo 22 no Estado de São Paulo. Além disso, 80 unidades fecharam nos últimos sete anos em todo País, sendo 35 em SP.

“A UNICA está pronta para contribuir com o legislativo, com um diálogo que encontre soluções inteligentes e pragmáticas para o setor, em especial para os que enfrentam as dificuldades diárias de um segmento que teve muitas conquistas, mas que ainda conta com um grande potencial de recuperação e crescimento”, diz Elizabeth Farina, presidente da entidade.

O Secretário de Estado da Agricultura e Abastecimento de São Paulo, Arnaldo Jardim, também esteve presente à cerimônia e pontuou os avanços obtidos pelo setor por conta da atuação da Assembleia Legislativa. Uma das mais importantes foi a redução do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Bens de Serviços (ICMS) sobre o etanol para 12%, o que tornou a produção mais competitiva no estado.

Outra importante conquista da casa foi a proibição da queima de cana no Estado, o que mudou a dinâmica do setor com a mecanização de lavouras e o aproveitamento da palha de cana. Também esteve presente à cerimônia o secretário João Carlos de Souza Meirelles, titular da pasta de Energia e Mineração de São Paulo e conhecido defensor do segmento.

ver mais notícias