NOTÍCIAS

Centro-Sul começa plantio de milho 2ª safra nesta 6ª-feira

  • 13/01/2016 |
  • João Carlos Rodrigues

A partir da próxima sexta-feira (15/1), começa o plantio da segunda safra de milho da temporada 2015/2016 no Centro-Sul. Agricultores do Paraná, de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, do Distrito Federal), de São Paulo e Minas Gerais vão plantar o cereal até março. Hoje, a segunda safra responde pela maior parte da colheita total do grão (1º e 2º ciclos). No período 2014/2015, ela representou 64,5% da produção de 84,67 milhões de toneladas.

Conhecida anos atrás como safrinha, a segunda safra de milho passou a se destacar mais na agricultura brasileira a partir do ciclo 2011/12. Naquela temporada, a colheita do cereal plantado fora do período tradicional do calendário agrícola ultrapassou pela primeira vez o volume da produção do milho primeira safra. Desde então, não parou mais de crescer.

O Centro-Sul – formado pelos estados do Centro-Oeste, Sul e Sudeste – é o maior produtor brasileiro de milho segunda safra. Na temporada passada, colheu 51,5 milhões de toneladas, o que representou 94% das 54,6 milhões de toneladas da produção nacional do grão no segundo ciclo.

A região destinou a maior área do país para o plantio milho segunda safra em 2014/2015. Foram 8,66 milhões de hectares, de um total nacional de 9,55 milhões de hectares. Ou seja, os estados do Centro-Oeste, Sul e Sudeste ocuparam 91% das terras cultivadas com o cereal.

Norte e Nordeste

O milho segunda safra também é cultivado no Norte e no Nordeste. Em Tocantins e Rondônia, o plantio se inicia em fevereiro. No Maranhão e no Piauí, a semeadura começa em março. Em abril, será a vez dos agricultores de Alagoas, do nordeste da Bahia e de Sergipe plantar do cereal.

De acordo com o gerente da Área de Levantamento e Avaliação da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Cleverton Santana, se acompanhar a tendência dos últimos quatros anos, a segunda safra novamente responderá pela maior parte da produção total de milho em 2015/2016.

ver mais notícias