NOTÍCIAS

Certificações de análises de fertilidade do solo e tecido vegetal demonstram excelência dos laboratórios

  • 22/02/2016 |
  • Carlos Dias

Os laboratórios da Embrapa Solos (Rio de Janeiro-RJ) foram aprovados com louvor em dois programas de avaliação: o de tecido vegetal (coordenado pela ESALQ/USP) e o de fertilidade de solo (coordenado pela própria Embrapa Solos), que certificam aproximadamente 120 laboratórios pelo Brasil

"Temos buscado o melhor resultado analítico, tanto para amostras de tecido vegetal, como para amostras de solo", diz orgulhosa a coordenadora dos laboratórios a técnica Rojane Chapeta. Na avaliação são observados a exatidão e precisão das análises.

Em tecido vegetal, o teste consiste no envio anual para o centro de pesquisa de 16 amostras de tecido vegetal (de bambu, cana-de-açúcar, trigo etc.) para apontar o teor de cada elemento. Estas amostras são subdivididas em quatro etapas, no final da avaliação estatística dos laboratórios participantes, recebemos o relatório de desempenho, informando ainda o tipo do material analisado no referido ano. O índice de acerto foi de 91%, conceito A.

Já em fertilidade de solo, mesmo com a Embrapa Solos sendo a organizadora do Programa de Análise de Qualidade de Laboratórios de Fertilidade (PAQLF), ela não tem moleza. "Recebemos as amostras sem saber sua origem, como os demais participantes", conta Rojane. No PAQLF são enviadas 12 amostras e o centro de pesquisa obteve 94,47%, conceito A também.

ver mais notícias