NOTÍCIAS

Cientistas do continente americano reúnem-se em Manaus para discutir horticultura tropical

Manaus é a cidade sede de um dos mais importantes eventos sobre horticultura tropical do continente americano. Trata-se da 61ª Reunião Anual da Sociedade Interamericana de Horticultura Tropical (Interamerican Society for Tropical Horticulture – ISTH), que acontece pela primeira vez na capital amazonense entre os dias 23 e 26 de novembro de 2015 (segunda a quinta-feira). A atividade vai reunir importantes especialistas das áreas de fruticultura, floricultura e hortaliças do mundo tropical.

A programação do evento contempla a realização de conferências em três segmentos (flores, frutas e hortaliças), apresentações de trabalhos técnicos orais e exposição de pôsteres.

A cerimônia oficial de abertura está prevista para ser realizada no primeiro dia do evento, 23 de novembro, às 18h, no auditório Eulálio Chaves, da Universidade Federal do Amazonas (Ufam). A conferência de abertura – sobre a valorização de espécies hortícolas nativas da América tropical para alimentação e saúde – será ministrada às 19h, pelo pesquisador da Embrapa Agroindústria Tropical (Fortaleza/CE) e membro da ISTH, Ricardo Eslebão Alves.

Mas as atividades do evento iniciam desde a manhã do dia 23. Às 10h, o pesquisador da Embrapa Amazônia Oriental (Belém/PA), Alfredo Kingo Oyama Homma, apresenta conferência sobre assunto estratégico para a região – as oportunidades e desafios para a horticultura tropical na Amazônia. Na sequência, às 11h, será apresentada a atuação da Embrapa em Horticultura Tropical, pelo pesquisador Celso Moretti, chefe do Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa (Brasília/DF).

Na terça-feira, 24, às 8h, o pesquisador Yves Desjardins, da Laval Université (Canadá) expõe sobre a horticultura tropical no mundo. Às 8h50, o pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), Charles Clement, fala sobre as origens da agrobiodiversidade amazônica.

Na quarta-feira, 25, a partir das 8h, a conferência é sobre o novo marco legal da biodiversidade do Brasil, assunto apresentado por Fábio Macêdo, da Embrapa. Às 8h50, as hortaliças e frutas não convencionais do Brasil são tema da conferência apresentada pelo pesquisador Valdely Kinupp, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (Ifam).

O segundo e terceiro dias também trazem mesas-redondas, com temas importantes, como: Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação em horticultura tropical, com apresentações do Brasil, México e Venezuela, no dia 24; e ainda várias abordagens sobre novos mercados para horticultura tropical, no dia 25.

Todas as tardes haverá também apresentação de pesquisas na área de fruticultura, olericultura e floricultura, em palestras e sessão de pôsteres. Essas atividades ocorrem na Ufam, simultaneamente, nos auditórios Samaúma (na Faculdade de Ciências Agrárias), Paulo Buhrnheim (no Instituto de Ciências Biológicas) e Eulálio Chaves (próximo à Faculdade de Educação Física), todos no setor sul (mini campus).

Na quinta-feira, 26, acontecem duas excursões técnicas: uma a áreas de agricultores em Iranduba e outra à coleção de fruteiras nativas, na sede da Embrapa Amazônia Ocidental, em Manaus. Confira a programação completa do 61ª Reunião Anual da ISTH aqui.

Amazônia em foco

Além da discussão de temas relevantes sobre horticultura, troca de experiências e atualização de informações, a 61ª Reunião Anual da ISTH deve ser um momento importante de divulgação da região para um público diversificado e formador de opinião, proveniente de vários países. “O evento tem como principal objetivo promover a integração das três áreas (flores, frutas e hortaliças), com pessoas experientes, bastante acessíveis, que gostam de trocar ideias e também estão curiosas em conhecer a Amazônia. Os participantes poderão conhecer um pouco da nossa região, da nossa história, além dos pontos turísticos. Então, será um momento de divulgação, porque cada um que vier será um multiplicador em seu país”, explica a presidente da Comissão Organizadora, pesquisadora da Embrapa Amazônia Ocidental, Aparecida das Graças Claret de Souza.

O evento é uma promoção da ISTH, realizado pela Embrapa (Amazônia Ocidental e Agroindústria Tropical) e Universidade Federal do Amazonas (Ufam), e reunirá especialistas em horticultura tropical de diferentes áreas do conhecimento e países. Acesse aqui o site do evento para saber outras informações importantes.

Reunião anual

A ISTH, criada em 1951, promove uma reunião anual em diferentes países da América tropical. O evento já foi realizado em 20 países. No Brasil as reuniões ocorreram em Campinas (29ª ISTH, 1981), em Curitiba (42ª ISTH, 1996), em Fortaleza (49ª ISTH, 20113) e em Vitória (54ª ISTH, 2008). A 61ª ISTH será a quinta a ser realizada no Brasil e a primeira no Estado do Amazonas.

ver mais notícias