NOTÍCIAS

​Conferência de Nova York sobre Açúcar e Álcool reúne líderes mundiais do setor sucroenergético

  • 08/05/2017 |
  • Anderson Estevan

A importância mundial do setor sucroenergético atrai a atenção de grandes investidores e lideranças das empresas globais de açúcar e etanol. E, neste ano, a 11ª edição da ISO DATAGRO - Conferência de Nova York sobre Açúcar e Álcool, que acontece no próximo dia 10 de maio, no centro da cidade norte-americana, reunirá produtores, comerciantes e investidores internacionais para discutir as novas perspectivas para as indústrias do segmento.

Reconhecido como o evento técnico oficial do New York Sugar Dinner, desde a sua primeira edição, a conferência tornou-se uma tradição estabelecida no calendário global dos negócios de açúcar e etanol. Na edição passada, recebeu mais de 400 líderes de 22 países. Neste ano, os debates serão ainda mais construtivos, abordando a atual perspectiva deste mercado em diferentes mercados, como na América do Sul, Estados Unidos, Europa, Índia e também outras nações asiáticas.

A conferência, promovida pela DATAGRO Consultoria, tem patrocínio de grandes empresas, entre elas a Marsh, líder mundial em corretagem de seguros e gerenciamento de riscos. O diretor executivo de Risk Management & Specialtiesda Marsh Brasil, Marcelo Elias; e o Diretor de Local Clients da empresa, Álvaro Dabus, também participam do evento representando a corretora e consultoria de risco. “Perde-se muito dinheiro com eventos decorrentes de riscos que não foram mapeados para serem mitigados. Mudanças climáticas, acidentes ambientais, desastres naturais, incêndios, raios e explosão são alguns riscos que podem interromper negócios e aumentar os custos de produtos e serviços”, afirma Álvaro Dabus. Segundo o executivo, a Marsh segue atenta a essa demanda e já tem disponíveis produtos específicos que atendam a essas necessidades das empresas do setor sucroenergético. “Oferecemos proteções que minimizam eventuais perdas financeiras decorrentes de eventos climáticos imprevisíveis. É uma solução que permite administrar riscos que até então eram considerados riscos não gerenciáveis”, explica o executivo.

A Marsh é pioneira no segmento e trouxe para o Brasil o seguro paramétrico de índices climáticos. “À medida que o Brasil já presencia eventos climáticos que têm afetado a produção agrícola, oferecemos proteções que minimizam eventuais perdas financeiras decorrentes de eventos climáticos imprevisíveis. É uma solução que permite administrar riscos que até então eram considerados riscos não gerenciáveis”, complementa.

Agro GAP

Além dos serviços de transferência e colocação de riscos, a companhia oferece aos clientes uma revisão do seu programa de seguros com base em benchmarks da indústria. O trabalho visa identificar oportunidades de melhoria em relação aos custos e as condições para propor soluções pautadas nas melhores práticas de mercado.

A indústria do agronegócio é única na variedade e complexidade dos riscos que enfrenta e a tarefa de gerenciá-los também é cada vez mais complexa. “É necessária a combinação de consultoria estratégica e soluções inovadoras para gerenciar os riscos e garantir a resiliência das empresas. Nossas soluções são robustas e personalizadas para agregar valor e preservar investimentos de empreendimentos como usinas e destilarias de açúcar e álcool”, conclui o diretor da Marsh Brasil.

Abertura da Safra Cana 2017/2018

A parceria da corretora com a consultoria DATAGRO teve início com a edição 2017/2018 da Abertura de Safra da Cana, em Ribeirão Preto, que reuniu as principais lideranças do setor de usinas e produtores e fornecedores de cana para debater desafios e apresentar análises inovadoras para a atual safra de cana-de-açúcar. Um dos temas em pauta foi a produção nacional de açúcar. Dados da DATAGRO consultoria indicaram que a produção da commodity deverá crescer 3,5% na safra 2017/18.

ver mais notícias