NOTÍCIAS

Conselho Monetário Nacional vota hoje recursos do Funcafé

Foto: Divulgação

Os recursos do Fundo de Defesa Cafeeira (Funcafé) devem ser liberados bem mais cedo em 2016 do que nos anos anteriores. A previsão é que o dinheiro para financiar o setor seja liberado pelos agentes financeiros (bancos e cooperativas de crédito) no começo de maio, enquanto que no ano passado, por exemplo, a verba foi disponibilizada somente em agosto.

A decisão deve ser tomada ainda nesta quinta-feira (31), com a votação da resolução com a distribuição dos recursos do fundo pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). A antecipação da verba atende a uma reivindicação antiga do setor produtivo e é resultado do trabalho do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), em conjunto com o Ministério da Fazenda.

Os recursos do Funcafé são utilizados para financiar a aquisição de café, custeio, estocagem, recuperação de cafezais e o capital de giro das indústrias, entre outras operações. No ano passado, o volume total de recursos foi R$ 4,13 bilhões. A previsão para 2016 é de R$ 4,6 bilhões – incremento de 12% em relação período passado.

Segundo o coordenador-geral de Gestão de Recursos e Riscos do Mapa, Marconni Sobreira, a antecipação do crédito beneficia o cafeicultor que quer guardar o café para vendê-lo no momento mais oportuno em relação ao preço. “A liberação mais cedo também beneficia o produtor na medida em que a indústria terá dinheiro para comprar o café.”

A reunião do CMN está marcada para as 15h desta quinta.

ver mais notícias