NOTÍCIAS

Cooperativas gaúchas projetam aumento no recebimento da soja

  • 15/10/2015 |
  • Nestor Tipa Júnior
]As cooperativas do Rio Grande do Sul esperam aumentar ainda mais sua participação no recebimento da soja na safra 2015/2016. No período passado, o aumento foi de 40% de um total de 15 milhões de toneladas produzidas no Estado, ou seja, 6 milhões de toneladas foram entregues de acordo com dados da Federação das Cooperativas Agropecuárias do Rio Grande do Sul (FecoAgro/RS).

Segundo o presidente da entidade, Paulo Pires, um dos principais motivos para esta projeção otimista está nos investimentos que as cooperativas estão realizando para melhor atender os produtores. "Temos convicção que as cooperativas conseguem ampliar este recebimento porque há um investimento muito forte na assistência técnica e na venda e fornecimento de insumos para os nossos agricultores", avalia.

Para o dirigente, a perspectiva é de novo aumento de área novamente no Rio Grande do Sul. Em condições normais de clima, a expectativa poderá ser de mais uma grande colheita na cultura, que vem se consolidando como a principal não só no Estado como no Brasil. Mesmo com a estabilidade de preços em reais - já que em dólar a cotação é 50% do que valia em 2013, Pires salienta que o grande desafio neste período será controlar os custos. "O produtor terá que ser mais eficiente, terá que produzir mais com menos", observa o presidente da FecoAgro/RS.

No primeiro levantamento de safra da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgado na última semana, foi estimado um crescimento entre 1% e 2,5% na área, podendo chegar a 5,38 milhões de hectares. Já a produção nesta primeira projeção é de queda de 3,8% a 2,4%, chegando a 14,3 milhões de toneladas. ver mais notícias