NOTÍCIAS

Dimicron recebe o Prêmio Vencedores do Agronegócio

  • 26/10/2015 |
  • Jacqueline Pereira
O Programa Construindo Plantas é vencedor na categoria Destaque Especial da Indústria de Insumos na 3ª edição do Prêmio Vencedores do Agronegócio, promovido pela Federação das Associações Comerciais e de Serviços do Rio Grande do Sul (Federasul). A entidade seleciona anualmente as iniciativas inovadoras em excelência, resultados, modelo de gestão e qualidade no setor de agronegócio gaúcho, envolvendo as atividades de varejo, indústria e serviços.

"O Programa Construindo Plantas (PCP) é uma tecnologia da Dimicron que tem como objetivo melhorar a eficiência da lavoura a partir de uma análise que classifica o vigor da semente. Com esse conhecimento a empresa pode orientar sobre a melhor forma de obter plantas mais eficientes em todas as fases da cultura. “Desde a semente até a colheita nossa equipe está junto ao produtor para contribuir, a fim de que este, obtenha os melhores resultado na safra”, explica o presidente da Dimicron, José Ovídio Bessa".

A Dimicron foi fundada em 1985 e especializou-se na fabricação de fertilizantes líquidos, macro e micronutrientes, para diversas culturas. Com fábrica em Cruz Alta (RS) e Cuiabá (MT), uniu-se em abril de 2015 com a Aminoagro, formando então uma das três maiores companhias de fertilizantes foliares do Brasil. “A união nos torna mais fortes e nos permite levar a tecnologia pioneira do PCP para agricultores de 18 estados brasileiros”, observa José Ovídio Bessa.

O desenvolvimento do PCP teve como ponto de partida uma preocupação com a busca de mais produtividade nas mesmas áreas agricultáveis, considerando fatores como variação do clima, variação do preço e de custo e outras questões. O programa envolve várias etapas do processo produtivo das principais culturas, com o objetivo de maximizar o desempenho de cada uma das plantas na área trabalhada, com foco principal na qualidade das sementes, ponto de partida do potencial a ser obtido na hora da colheita. A Dimicron possui um laboratório de análise de sementes com um grande número de amostras enviadas para análise. “Isso nos dá um bom panorama de como está a qualidade do principal insumo de uma lavoura, a semente, e dessa forma podemos orientar sobre todos os aspectos como quantidade de adubação, ou o melhor tipo de pulverizador e outras preocupações do produtor rural” completa José Ovídio Bessa.

O 3º Prêmio Vencedores do Agronegócio da Federasul teve em sua comissão julgadora de 2015 o secretário de estado da Agricultura, Ernani Polo; o superintendente do Senar/RS, Gilmar Tietböhl; o chefe geral da Embrapa Clima, ClenioPillon; o gerente do setor de Agronegócio do Banco do Brasil, Plínio Guerra Rego; o coordenador dos programas de Pós Graduação em Agronegócio da UFRGS, Prof. Dr. Júlio Barcellos; o gestor da Incubadora da UNITEC, Carlos Eduardo Aranha. ver mais notícias