NOTÍCIAS

Dinamarqueses visitaram a ESALQ

  • 06/11/2015 |
  • Ana Carolina Brunelli
Para discutir a biodigestão anaeróbia, emissão de gases do efeito estufa e os impactos das descargas agrícolas no solo, a Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (USP/ESALQ) e o CENA (Centro de Energia Nuclear na Agricultura) receberam, em 4 de novembro, a visita do Programa de Delegação Dinamarquesa.

Na ocasião, quatro membros de diferentes universidades da Dinamarca ministraram palestras e visitaram algumas instalações no Campus da “Luiz de Queiroz”. “A visita mostra que a ESALQ tem visibilidade em nível mundial nos temas de interesse. Isso mostra também que a excelência em pesquisa abre portas para que nossos alunos tenham acesso a laboratórios e projetos renomados internacionalmente.”, comentou Thiago Romanelli, pr presidente da Comissão de Atividades Internacionais da ESALQ.

Durante um dia na instituição, dinamarqueses conheceram o labotarório de biogeoquímica ambiental e o Departamento de Nutrição Animal na unidade do CENA e também o Departamento de Ciência do Solo, na ESALQ. “Viemos aqui para compartilhar nossos estudos e conhecer a universidade. Em nossas pesquisas, avaliamos que quando usamos estrume animal, os benefícios são mais eficientes do que com fertilizantes e isso é muito bom para o agricultor e para a sociedade. O que nós estamos fazendo é ajudar a reduzir a poluição e ao mesmo tempo mostrando que o estrume animal pode ser uma fonte de produção de energia”, ressaltou Sven G. Sommer, PhD em Agronomia, da University os Soutgern Denmark.

Os pesquisadores foram recebidos pelo vice-diretor da ESALQ, Durval Dourado Neto e toda a visitação foi acompanhada pela professora Adriana Pinheiro Martinelli, presidente da Comissão de Relações Internacionais do CENA; professor Adibe Luiz Abdalla; professor Carlos Clemente Cerri; professor Miguel Cooper e pelo professor Thiago Romanelli, presidente da Comissão de Atividades Internacionais da ESALQ.

Pesquisadores Dinamarqueses

Sven G. Sommer, PhD em Agronomia, da University os Soutgern Denmark/Aarhus University abordou a temática “Emissão de amonia a partir de estrume durante o armazenamento e após aplicação no campo”; Soren O. Petersen, também da Aarhus University, atua no Departamento de Agroecologia, em solos férteis e ministrou palestra sobre “Emissões de óxido nitroso a partir de resíduos biológicos aplicados no campo”; “Questões ambientais relacionadas com aplicação de resíduos biológicos no campo” foi discutida pelo pesquisador Sander Bruun, da University of Copenhagen, do Departamento de plantas e ciencias ambientais, da seção de plantas e ciencias dos solos; Em conjunto, Sommer e Petersen apresentaram estudos sobre “Emissão de gases do efeito estufa a partir de residuos biológicos”. Esteve presente também, Henrik B. Moller do Institut for Ingeniorvidenskab, que estuda a tecnologia de chorume e biogas. ver mais notícias