NOTÍCIAS

DuPont recomenda Cyazypyr® para evitar perdas decorrentes da broca-do-café

A cadeia produtiva do café prevê que nos próximos dias deverá ser intensificada a 'visitação' da broca-do-café nos grãos que se encontram em formação. Para os especialistas, esse momento será importante para o produtor de Minas Gerais, São Paulo e Espírito Santo iniciar a proteção das lavouras contra a praga. Fontes do mercado assinalam que atualmente a solução mais eficaz ao alcance do cafeicultor para evitar a ação danosa da broca é o inseticida Cyazypyr®.

Conhecido pelos produtores também pela marca Benevia®, esse produto desenvolvido pela DuPont Proteção de Cultivos está sendo considerado revolucionário na comparação a outros agroquímicos.

Utilizado no Brasil pela primeira vez na safra de café 2014/15, exclusivamente no estado de Minas Gerais, em caráter emergencial, Cyazypyr® teve então a adesão de mais de 300 produtores, que atestam ter colhido sucesso com a aplicação do produto.

Segundo esses produtores, Cyazypyr® ou Benevia® surpreendeu positivamente pelos bons resultados demonstrados nas áreas comerciais, principalmente por ter evitado as perdas de produção, chamadas quantitativas, e as qualitativas, que pressionam para baixo a precificação do café o mercado: grãos marcados por injúrias e bebida de menor preferência são duas das consequências diretas da ação da broca-do-café.

Parte significativa desse grupo de produtores afirmou ter reduzido suas perdas em até 3 sacas por hectare - um dado que corresponde, em resumo, a uma receita extra da ordem de R$ 1 350 por hectare tratado com o produto da DuPont.

“No princípio Benevia® parece ser um produto caro, mas lá na frente dá para notar a diferença que ele faz. Na comparação com outros, essa diferença é muito grande”, afirma Ismael de Souza, gerente da Fazenda Medeiros, da cidade mineira de mesmo nome.

Nos últimos dias, a DuPont, fabricante do Cyazypyr®, fez ajustes finais no plano que executará nos estados de Minas Gerais, São Paulo e Espírito Santo, para auxiliar a cadeia produtiva no controle da broca na safra 2015/16. Afinal, na safra 2014/15 os prejuízos decorrentes da praga foram de milhões de reais somente no cerrado mineiro, segundo dados da cooperativa Expocaccer.

Na prática, a DuPont e seus engenheiros agrônomos irão reforçar a recomendação técnica oficial da Epamig – Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais – para o controle da broca-do-café, a mesma que foi publicada em uma circular do início deste ano e assinada pelos pesquisadores Júlio César de Souza, Paulo R. Reis, Rogério A. Silva e Melissa A. de Toledo.

“O cafeicultor deve ficar atento à broca-do-café no período entre 80 dias a 100 dias após a florada principal. Este é o momento mais importante para se fazer a primeira aplicação de Benevia®, de acordo, evidentemente, com o resultado do monitoramento dos talhões” resume Luiz Braga, engenheiro agrônomo e gerente de mercado da DuPont para café.

Prejuízos e benefícios

Cyazypyr® ou Benevia® foi estudado por renomados institutos de pesquisas e universidades antes de comercializado. Segundo o agrônomo Luiz Braga, os investimentos e esforços realizados pela DuPont no desenvolvimento da tecnologia foram representativos.

Especialistas em cafeicultura, e os mais de 300 produtores que vêm usando a tecnologia da DuPont, são unânimes em afirmar que neste momento Benevia® constitui a solução mais eficaz para evitar as perdas ocasionadas pela broca-do-café.

Se não monitorada, a praga, de nome científico Hypothenemus hampei, deprecia significativamente o valor do grão no mercado. Para o Ministério da Agricultura e Abastecimento, que regulamenta a qualidade e a classificação do café, a cada 2 a 5 frutos atacados pela broca considera-se um defeito. A ação do inseto interfere ainda na qualidade da bebida.

Em contrapartida, cafeicultores que trataram efetivamente suas lavouras na safra passada animaram-se com o sucesso do investimento realizado na tecnologia da DuPont. É o caso do produtor Alaor Seranini, da Fazenda Chapadão dos Borges, de Patrocínio (MG). “Do Benevia® para cá tudo se tornou mais fácil. Se todos os produtos funcionassem como este, seria moleza mexer com lavoura de café”, empolga-se Seranini.

ver mais notícias