NOTÍCIAS

Embrapa Hortaliças lança portfólio Produção Integrada de Pimentão

A Embrapa Hortaliças (Brasília – DF) lança em 18 de agosto o portfólio Produção Integrada de Pimentão (PIP) durante a XIX Semana do Pimentão, que ocorre no período de 16 a 19 na Cooperativa Agrícola da Região de Planaltina (Cootaquara), no Núcleo Rural de Taquara (DF). O lançamento está marcado para 19h45 e contará também com palestra sobre pragas que atacam a cultura.

O portfólio reúne 10 publicações resultantes de projeto de cooperação entre o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e a Embrapa Hortaliças para subsidiar as normas técnicas específicas para o sistema de produção integrada de pimentão que estão em fase final de publicação.

Durante o lançamento serão distribuídos aos produtores 100 kits contendo o portfólio em formato digital e outras publicações impressas. Clique aqui para ter acesso.

Para o coordenador da PIP, o pesquisador Jorge Anderson Guimarães, essas publicações reunidas em um portfólio facilita o acesso dos produtores às tecnologias que orientam sobre os procedimentos necessários para a obtenção do certificado de Produção Integrada de Pimentão. A certificação será viável após a publicação das normas técnicas.

Produção O Distrito Federal está entre os maiores produtores de pimentão em cultivo protegido (com uso de estufas) no Brasil. De acordo com números da Emater (DF), a área plantada no ano passado foi de 217 hectares e a produção chegou a 18 mil toneladas. A cultura do pimentão tem importância social na região por ter como característica pequenas propriedades com emprego de mão de obra familiar.

Palestra Entre os principais problemas da cultura está o ácaro-rajado, que é uma praga que ataca as folhas da planta e reduz consideravelmente a produtividade. O ácaro-rajado e a traça-do-tomateiro serão abordados pelo pesquisador Alexandre Pinho de Moura na palestra que ele ministrará no lançamento do portfólio.

O pesquisador enfatiza a importância do Manejo Integrado de Pragas (MIP) como alternativa para reduzir a população dessas pragas. Ele ressalta o uso consciente do controle químico e a sua integração com outras táticas de controle para a obtenção de resultados satisfatórios e sustentáveis a longo prazo.



ver mais notícias