NOTÍCIAS

Evento internacional de agronegócio discute logística no bloco sul-americano

  • 22/10/2015 |
  • Camila Castro
Na busca pela eficiência dos corredores logísticos, pelo melhor modal de transporte e redução de custos, os países sul-americanos estão em constante procura por novas rotas de escoamento para suas produções agropecuárias. Durante o 3º Fórum de Agricultura da América do Sul (Agricultural Outlook Forum 2015), que acontecerá nos dias 12 e 13 de novembro, em Curitiba (PR), especialistas e autoridades do bloco vão discutir, em um dos painéis do evento, essa infraestrutura como diferencial competitivo à produção e à exportação para o agronegócio.

“A ideia é debater novos projetos – recém-concluídos, em conclusão ou em planejamento – que estão mudando o mapa de escoamento da produção agropecuária. E mais do que isso, queremos discutir a questão de maneira mais ampla, abordando a América do Sul como um todo. Para isso, vamos mostrar soluções como a encontrada pelo Paraguai, que, para dar vazão à sua crescente produção de soja, recorre à Argentina pelos rios Paraguai e Paraná”, explica Giovani Ferreira, coordenador do evento e do Núcleo de Agronegócio da Gazeta do Povo.

No Brasil, por exemplo, destaca-se o crescimento dos portos do Arco Norte. “Essa ascensão começou realmente quando a fronteira agrícola do Centro-Oeste ganhou volume. O que exigiu que buscássemos alternativas. Esses portos ainda possuem baixa ocupação e quando você conecta a possibilidade do transporte multimodal com portos ainda não saturados e mais próximos do seu mercado, a combinação é perfeita”, analisa o professor doutor Paulo Resende, da Fundação Dom Cabral, um dos palestrantes do painel.

Resende é doutor em Planejamento de Transportes e Logística, pela University of Illinois at Urbana Champaign (EUA,) e mestre em Planejamento e Engenharia de Transportes, pela Memphis State University, Tennessee (EUA). Além dele, participará do painel, nomeado “Novas rotas na geopolítica de integração regional”, o especialista Javier Gimenez, diretor comercial da South American River Company (Sarcom), companhia logística portuária do Paraguai.

De acordo com Resende, “os maiores questionamentos dos debates serão por que o baixo número de investimentos em infraestrutura na América Latina, por que ainda não trabalhamos a conexão logística latino-americana e finalmente por que nós não aceleramos a participação privada nos projetos de infraestrutura”, adianta o especialista.

Inscrições
O evento já está com as inscrições abertas para a edição deste ano, que terá como fio condutor dos debates o tema “Sociedade Urbana, Economia Rural”. Os interessados devem acessar o site oficial do fórum (agrooutlook.com.br). O pacote completo inclui entrada para os dois dias, dois almoços, um jantar e coffee breaks. ver mais notícias