NOTÍCIAS

Exportações brasileiras de café batem recorde em 2015

  • 15/01/2016 |
  • Lucas Tadeu Ferreira

O Informe Estatístico do Café do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – Mapa, na edição do mês de dezembro de 2015 apresenta um balanço do desempenho da cafeicultura brasileira nesse ano. Segundo o Mapa, as exportações brasileiras de café em 2015 foram de 37,12 milhões de sacas de 60 kg. Desse total, a quantidade de café verde foi de 33,41 milhões de sacas de 60 kg; de café solúvel, 3,38 milhões de sacas; e de torrado e moído, 33,31 mil sacas. Nos anos de 2013 e 2014 foram exportadas 32,01 e 36,73 milhões de sacas, respectivamente.

Com base nos números da Organização Internacional do Café – OIC divulgados no "Coffee Market Report – December 2015", a participação do café brasileiro em relação à produção mundial foi de aproximadamente 30% em 2015. Em relação ao ranking das exportações, em termos de geração de divisas na balança comercial, o Informe Estatístico demonstra que o café ficou em quinto lugar com US$ 6,15 bi, correspondendo a 7% das exportações do agronegócio nacional. Os principais produtos exportados em 2015 foram: complexo soja (US$ 27,95 bi), carnes (US$ 14,72 bi), produtos florestais (US$ 10,33 bi), complexo sucroalcooleiro (US$ 8,53 bi), entre outros, que geraram US$ 88,22 bilhões.

Países importadores

Os principais países importadores do café brasileiro nesse mesmo período foram União Europeia, EUA, Japão, Canadá, Turquia, México, Argentina, Rússia, Coreia do Sul, Venezuela, Líbano, Austrália, Noruega, Síria e Chile, entre outros.

Produção e produtividade

Ainda de acordo com os dados do Informe Estatístico, a produção de café em 2015 foi de 43,2 milhões de sacas de 60 kg, com produtividade de 22,5 sacas por hectare, em uma área de produção de 1,9 milhão de hectares. Esses dados têm como base o quarto levantamento de safra da Companhia Nacional de Abastecimento – Conab (Dez/15).

Consumo interno

Em relação ao consumo interno, o Informe aponta que, em 2015, o Brasil consumiu 21 milhões de sacas, aproximando-se cada vez mais da liderança do consumo mundial, atualmente ocupada pelos EUA, cujo consumo está entre 23 e 24 milhões de sacas por ano. O consumo brasileiro representa consumo médio per capita de 6,2 kg por habitante/ano.

Para outras informações, clique aqui

ver mais notícias