NOTÍCIAS

Fenicafé reúne especialistas, estudantes e produtores de café em Araguari

Considerada como referência nacional e internacional, a Fenicafé – Feira Nacional de Cafeicultura Irrigada reúne todos os anos em Araguari, no Triangulo Mineiro, especialistas, estudantes e produtores de café. É uma grande oportunidade para discussão de aspectos relevantes da cafeicultura irrigada e tem contribuído para o crescente cultivo dessa modalidade no Brasil. Em 2016, o evento chega à sua 21ª edição e será realizada de 08 A 10 de março, no Pica Pau Country Club.

Promovida pela Associação dos Cafeicultores de Araguari (ACA), a Fenicafé é dividida em três partes: o Encontro Nacional de Irrigação da Cafeicultura do Cerrado, a Feira Nacional de Irrigação em Cafeicultura e o Simpósio de Pesquisa em Cafeicultura Irrigada. Uma das novidades em 2016 é a rádio “No Ar", que comandada pelo jornalista Fernando Cunha terá flashes ao vivo durante todo evento.

Para Claudio Morales Garcia, presidente da ACA, exposição é um lugar para troca de experiências e de divulgação de novas técnicas de plantio, cuidados e colheita de um dos principais produtos produzidos no Brasil.

Em 2016, a organização espera um público médio de 25 mil pessoas. Com cerca de 60 expositores, que ocupam mais de 90 stands, a Feira espera um volume de negócios superiores a 35 milhões de reais.

Serão três dias de evento com palestras, painéis, workshop e debates, contribuindo com informações necessárias para a melhoria contínua da produção do café nacional. Os debates trazem a tecnologia para facilitar o processo cafeeiro e o conhecimento para que o café tenha cada vez mais qualidade, valor diante do consumidor e maior poder de comercialização, com lavouras ambiental e socialmente corretas.

Entre os temas que constam da programação oficial estão “Perspectivas do mercado de café a médio e longo prazos", com o palestrante: Jefferson Carvalho, analista econômico Rabobank e debate de João Faria da Silva – Terra Forte Exportação de Cafés; Carlos Alberto Santana - Eisa Exportadora e Nelson F. da S. Carvalhaes – Presidente do Conselho Deliberativo - CECAFÉ.; “Qualidade do café na visão dos produtores empresários", com a diretora da Daterra Isabela Paschoal Becker; o painel: “Produção Sustentável de Café na Região do Cerrado Mineiro". Já o segundo dia do evento será marcado pela abertura do XVIII Simpósio Brasileiro de Pesquisa em Cafeicultura Irrigada, com o prof. Dr. André Luís Teixeira Fernandes, Pró Reitor de Pesquisa, Pós Graduação e Extensão da Uniube, Dr. Helvécio Matana Saturnino – Presidente da Associação Brasileira de Irrigação e Drenagem (ABID), Cláudio Morales Garcia – Presidente da Associação dos Cafeicultores de Araguari (ACA), Dr. Gabriel Bartholo – Gerente Geral da Embrapa Café, Dr. Antônio Fernando Guerra – Coordenador Técnico da Embrapa Café, e palestras como “A importância do acompanhamento da lavoura na fertirrigação do cafeeiro", com prof. Dr. Roberto Lyra Villas Bôas, UNESP/Botucatu; “Fertilizantes em fertirrigação: aproveitamento pelo cafeeiro e vantagens/desvantagens da nutrição exclusiva via sistema de irrigação", com o consultor de Fertirrigação, ICL Brasil, Luiz Dimenstein, “Manejo de irrigação visando o máximo aproveitamento técnico e econômico dos sistemas de irrigação para o cafeeiro", com o palestrante: Dr. Everardo Chartuni Mantovani, UFV, “Qualidade sensorial do café condicionada ao déficit hídrico", ministrada por Dr. Pierre Marraccini, Cenargen Embrapa. Para encerrar, o ultimo dia da programação irá apresentar “Importância do Manejo Integrado de Pragas (MIP) no manejo de resistência dos defensivos agrícolas", com o palestrante: Prof. Dr. Geraldo Papa, UNESP Ilha Solteira, “Disponibilização dos nutrientes ao cafeeiro pelos microrganismos do solo", ministrada pelo prof. Dr. Fernando Dini Andreote – Depto Ciência do Solo, ESALQ/USP, “Queda de frutos chumbinhos: motivos fisiológicos e o que fazer para um melhor aproveitamento e pegamento da florada", pelo professor da Ufla Dr. José Donizete Alves, UFLA, “Nutrição na pós-colheita do café e relações com a fitossanidade", com Roberto Santinato, MAPA Procafé, e para finalizar “ O Impacto do manejo de plantas daninhas na produtividade e aproveitamento dos nutrientes pelo cafeeiro", com o prof. Dr. Cláudio Pagotto Ronchi, UFV - Campus Florestal.

A Fenicafé é promovida pela ACA e Federação dos Cafeicultores do Cerrado com apoio do Ministério de Agricultura e Pecuária (MAPA), Embrapa Café, Prefeitura e Câmara Municipal de Araguari.

Para conhecer mais sobre a feira, visite as páginas do evento na internet e nas redes sociais: www.fenicafe.com.br, www.facebook.com/fenicafe, www.youtube.com/fenicafeari.

ver mais notícias