NOTÍCIAS

Fitossanidade das lavouras é alvo do Circuito Tecnológico Etapa Milho

  • 29/03/2016 |
  • Ascom Aprosoja

Foto: Divulgação

As equipes técnicas da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) começarão a rodar o Estado no final de abril para verificar as lavouras de milho. É a terceira edição do Circuito Tecnológico Etapa Milho, que busca levantar informações sobre o planejamento de safra dos produtores rurais e também o andamento da safra 2016.

A equipe organizadora da expedição se reuniu nesta segunda (28) para alinhar os detalhes dos questionários que serão aplicados durante a viagem. Nesta edição, haverá um questionário direcionado para a fitossanidade, ou seja, irá verificar plantas daninhas, pragas e doenças.

“As equipes também farão coletas de sementes e a Embrapa fará testes para verificar a resistência a herbicidas e mapas de incidência”, explica a analista Cristiani Bernini, organizadora do evento. O pesquisador da Embrapa, Rafael Pitta, também fará estudo sobre resistência do milho BT e sobre a utilização de refúgio nas lavouras mato-grossenses.

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) usará o questionário para levantar dados sobre o andamento da safra de milho, sobre infraestrutura das propriedades, custeio e armazenagem, entre outros itens. O instituto irá tabular todos os dados e fazer o relatório com as informações completas.

Nesta edição, a meta é cada uma das equipes visitar oito propriedades por dia, no mínimo. Serão cinco equipes distribuídas nas quatro regiões de Mato Grosso. O Circuito Tecnológico Etapa Milho ocorrerá de 25 a 29 de abril e é realizado pela Aprosoja e pela Embrapa, com apoio do Imea. São patrocinadores a Syngenta, Dupont e UPL.

ver mais notícias