NOTÍCIAS

GSI participa do Show Rural Coopavel

  • 20/01/2016 |
  • Carla de Andrade

Entre os dias 1 e 5 de fevereiro, empresas do agronegócio e produtores rurais têm o mesmo destino: o Show Rural Coopavel, que acontece em Cascavel, no Paraná. E a GSI Brasil estará presente no evento com dois estandes - um localizado na área reservada à armazenagem e outro no setor da avicultura, com a linha de equipamentos para produção de proteína animal (avicultura e suinocultura).

O Show Rural Coopavel é a primeira grande feira do ano, oportunidade para a empresa apresentar as novidades do seu portfólio. Para o segmento de armazenagem, a GSI Brasil lança no evento a Fornalha Block Velox para ser utilizada com o secador Process Dryer, atendendo toda a linha do equipamento. Também em destaque no seu estande o novo modelo da Rosca Varredora Série X.

Na área de proteína animal, com a marca GSI Agromarau, leva para a feira seus mais recentes lançamentos. Reforçando seu foco na ambiência de granjas de aves e suínos, oferecendo mais agilidade para o trabalho nos galpões, apresenta o Sistema de Acionamento SS+. Em se tratando de conforto térmico dos animais, a GSI destaca ainda o Exaustor 54'' e o Cooling+.

Na suinocultura, atenção especial para alimentação, com o Dosificador Ultra Drop. Os suinocultores poderão conferir ainda o comedouro automático Wean to Finish e o ESF Compident. O segmento de avicultura recebe um novo modelo de comedouro, que atende do início ao final do lote, o Hi-Lo 3+. Além dessas novidades, a GSI apresenta sua ampla linha de equipamentos para avicultura e suinocultura, que geram mais facilidades e benefícios aos sistemas produtivos de proteína animal.

Fornalha Block Velox

Com exclusivo sistema de montagem – mais durável e muito mais rápido –, o novo equipamento foi desenvolvido para ser utilizado no secador Process Dryer. É feito em aço galvanizado, blocos de concreto refratário e de fibra vítrea de aluminossilicato. Apresenta maior durabilidade que as fornalhas convencionais, além de possibilitar maior rapidez na montagem e não necessitar de mão de obra civil para sua construção, ou seja, é uma fornalha montada e não construída. A única obra civil necessária é a base plana, mesmo tipo de estrutura que sustenta o secador, característica dos equipamentos GSI. Estima-se um prazo de montagem, no mínimo, 60% menor que uma fornalha convencional construída.

ver mais notícias