NOTÍCIAS

IAPAR e Embrapa envidam esforços para o desenvolvimento de variedades de feijão resistentes ao mosaico dourado

Reunião técnica no IAPAR, instituição com excelência na geração de variedades de feijão desde a década de 1970

Duas entre as mais tradicionais instituições de pesquisa em recursos genéticos e melhoramento do feijoeiro no país estão em negociação para firmar parceria no desenvolvimento de variedades de feijão RMD, geneticamente modificadas para resistência ao mosaico dourado, doença causada por vírus e transmitida pela mosca branca. O Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) estão buscando entendimento para formalizar convênio de cooperação técnica nesse sentido.

A fim de buscar convergência para a consecução dessa iniciativa, foi realizada uma reunião na sede do IAPAR, em Londrina, no dia 20 de janeiro. Estiveram presentes, os pesquisadores Thiago Souza e Flávio Breseghello (Chefe-Geral da Embrapa Arroz e Feijão) e Daniel Trento (Secretaria de Negócios da Embrapa). Por parte do IAPAR, participaram Florindo Dalberto, Tiago Pellini, Tadeu Felismino e Vânia Cirino, respectivamente, Diretor-Presidente, Diretor de Pesquisa, Diretor de Inovação e Transferência de Tecnologia e pesquisadora líder do Programa de Melhoramento do Feijoeiro.

A parceria prevê a transferência da tecnologia RMD da Embrapa para o IAPAR, o qual irá utilizá-la em seu programa de melhoramento de feijão do tipo carioca, visando à obtenção de plantas resistentes ao mosaico dourado. Também será transferida a tecnologia para a seleção da resistência utilizando marcadores moleculares.

O Paraná é um dos principais produtores de feijão do Brasil, com uma produção de 830 mil toneladas, total acumulado na chamada "safra das águas" e "safra da seca" no ano de 2014. O controle da mosca branca e dos vírus por ela transmitidos conta com uma série de estratégias, tais como o vazio sanitário, o manejo integrado de pragas e, de forma mais abrangente, a rotação de culturas do sistema produtivo agrícola. A parceria entre a Embrapa e o IAPAR viabilizará novas ferramentas para que os agricultores paranaenses combatam o mosaico dourado nas lavouras.

ver mais notícias