NOTÍCIAS

Indea prorroga prazo para destruição dos restos culturais do algodoeiro em Mato Grosso

  • 08/09/2015 |
  • Martha Baptista
O Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT) publicou portaria prorrogando em 15 dias o prazo para destruição dos restos culturais do algodoeiro. Publicada no Diário Oficial do Estado na última sexta-feira (4 de setembro), a Portaria nº 059/2015 determina que a atividade de destruição deverá ser concluída até o próximo dia 30 e fixa excepcionalmente o período do vazio sanitário para a cultura do algodoeiro em Mato Grosso, de 1º de outubro a 30 de novembro.

Em suas considerações, o presidente do Indea-MT, Guilherme Linares Nolasco, menciona o pleito encaminhado pela Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa), através do documento CT AMPA Nº 221/2015, que aborda o excesso de chuvas e a consolidac?a?o do plantio do algodoeiro em 2ª safra como os principais fatores para extensa?o do ciclo da cultura na safra 2014/2015. Segundo a Ampa, "esses fatores ocasionaram o prolongamento do ciclo vegetativo das plantas e consequente retardo no processo de colheita".

Nolasco considera também a "importa?ncia da cotonicultura na economia mato-grossense e consequentemente a necessidade da prevenc?a?o e controle de pragas, dentre elas, a do bicudo-do-algodoeiro". ver mais notícias