NOTÍCIAS

Leilão dos vencedores do Oscar dos cafés naturais será no dia 2 de fevereiro

  • 28/01/2016 |
  • Paulo André Colucci Kawasaki

A próxima terça-feira, 2 de fevereiro, promete trazer bons resultados aos vencedores do Cup of Excellence – Naturals 2015, considerado o Oscar dos cafés naturais no mundo. É nessa data que será realizado o leilão dos 32 vencedores do principal concurso de qualidade do Brasil destinado aos grãos colhidos e secos com casca. O evento é realizado pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Alliance for Coffee Excellence (ACE), com apoio do Sebrae.

Os campeões do Cup of Excellence – Naturals 2015 são oriundos de cinco origens produtoras brasileiras: Indicação de Procedência da Mantiqueira de Minas, Sul de Minas Gerais, Matas de Minas Gerais, Média Mogiana (SP) e Indicação de Procedência da Alta Mogiana (SP). Esses lotes serão ofertados, via internet, para compradores de todo o mundo, podendo alcançar valores substancialmente superiores aos praticados no mercado.

Para o pregão da próxima terça-feira, que terá início ao meio-dia (horário de Brasília), o preço mínimo de abertura foi estipulado em US$ 4,00 por libra-peso, o que corresponde a mais de R$ 2 mil (US$ 529,12) por saca de 60 kg e representa uma alta de mais de 200% na comparação com os preços praticados na Bolsa de Nova York, a principal plataforma mundial de comercialização do café arábica.

No concurso anterior, o produto cultivado pelos irmãos Antônio Márcio e Sebastião Afonso da Silva no Sítio Baixadão, em Cristina (MG), município da Indicação de Procedência da Mantiqueira de Minas, foi arrematado pela Starbucks Coffee Trading Company por US$ 23,80 por libra-peso, quebrando o recorde do certame. Esse lance correspondeu a *R$ 9.384 (US$ 3.148) por cada saca de 60 kg e proporcionou uma arrecadação total para este lote de *R$ 144.733 (US$ 48.552).

O campeão do certame atual foi Sebastião Afonso da Silva, um dos sócios do lote vencedor da safra 2014, desta vez com o café cultivado em seu Sítio São Sebastião, também em Cristina (MG). Além do primeiro colocado, mereceram destaque os cafés produzidos pelas irmãs Maria Rogeria e Maria Valeria Costa Pereira, na Fazenda Irmãs Pereira, e por Ralph de Castro Junqueira, na Fazenda Kaquend, ambas em Carmo de Minas, também na Indicação de Procedência da Mantiqueira de Minas, segundo e terceiro colocados, respectivamente, e que, juntamente com o campeão, obtiveram notas superiores a 90 pontos, o que é considerado excepcional no mercado de cafés. A lista completa dos vencedores pode ser acessada no site da BSCA (http://bsca.com.br/cup-of-excellence-late-harvest.php?id=28).

ver mais notícias