NOTÍCIAS

Manhã de Campo apresenta estratégias para o controle do capim-annoni e recuperação de áreas degradadas

  • 27/11/2015 |
  • Fernando Goss

A Embrapa Pecuária Sul realiza no dia 09 de dezembro uma Manhã de Campo para apresentar estratégias de recuperação de áreas degradadas pelo capim-annoni. Com o título Capim-annoni: Práticas, Custos e Benefícios do Controle, o evento vai apresentar alguns resultados do Mirapasto, método desenvolvido pela Embrapa para controlar a infestação da planta indesejada e recuperar áreas de pastagens degradadas. A Manhã de Campo inicia às 8h30min na sede da Embrapa Pecuária Sul, em Bagé.

Durante a Manhã de Campo serão apresentadas três estações. Uma delas vai tratar do potencial produtivo de áreas em recuperação, a segunda, vai apresentar dados sobre a produção pecuária em áreas infestadas e a terceira do estabelecimento e crescimento do capim-annoni sob estresse hídrico e a translocação de herbicidas na planta. Segundo o pesquisador Naylor Perez, um dos objetivos do evento é justamente mostrar os resultados econômicos que a reversão de áreas degradadas pelo capim-annoni pode trazer. Além de Perez, os pesquisadores Márcia Silveira, Fabiane Lamego, Vinícius Lampert, Gustavo Trentin e o analista Marcelo Pilon vão conduzir as estações e estarão à disposição para tirar dúvidas dos participantes.

O MIRAPASTO é baseado em quatro pilares de manejo. São eles, o ajuste da oferta de pasto, a correção e manutenção da fertilidade do solo, o controle de plantas indesejáveis (incluindo o capim-annoni) e a introdução de espécies forrageiras por semeadura direta (tanto de inverno como de verão). Esses procedimentos, utilizados de forma conjunta e sistemática, viabilizam a recuperação de pastagens degradadas, proporcionando mais ganhos para os produtores. “Utilizando estas práticas de manejo é possível elevar a capacidade produtiva, promover a biodiversidade do campo nativo e, também, o aumento da produtividade na pecuária", ressalta Perez.

Além das estações, durante a Manhã de Campo haverá demonstração do aplicador seletivo de herbicida Campo Limpo. Desenvolvido pela Embrapa Pecuária Sul, o equipamento proporciona o controle químico do capim-annoni preservando as espécies do campo nativo. Também será apresentada a enxada química que parte do mesmo princípio e pode ser utilizada em áreas menores ou em condições de menor infestação da planta invasora.

ver mais notícias