NOTÍCIAS

Mantiqueira de Minas divulga os vencedores do 2º Concurso de Qualidade no Café

  • 17/11/2015 |
  • Bruna Biasetton

Categoria Cereja Descascado

Categoria Natural

Ocorreu a divulgação dos vencedores do 2º Concurso de Qualidade de Cafés da Mantiqueira de Minas nas categorias Natural e Cereja Descascado e o lançamento do Selo destinado aos cafés em grãos torrados e moídos comprovadamente originados de cafés verdes com a identificação geográfica na modalidade Indicação de Procedência.

A partir de agora a Mantiqueira de Minas disponibilizará a tecnologia em QR code para os torrefadores, que poderão rastrear seus lotes de café adquiridos na região. A iniciativa visa aproximar o produtor do consumidor unindo as pontas da cadeia e reforçando a transparência e rastreabilidade no processo produtivo, além de promover a excelência dos cafés da região e levar reconhecimento aos produtores.

O evento aconteceu no Clube URCA e contou com a presença de produtores, representantes das cooperativas locais e também do SEBRAE, apoiador do projeto de Indicação Geográfica (IG) da região.

O primeiro lugar ficou com Gisela Carneiro Avelar, cooperada da COOPERRITA, que obteve 93 pontos na categoria Natural e José Nicacio Itagiba de Oliveira, cooperado da COCARIVE, que obteve 91,33 pontos na categoria Cereja Descascado – metodologia SCAA.

Para esse concurso foram enviadas amostras de cafés já destacados em eventos similares das cooperativas locais. Dentre as 46 amostras analisadas, os juízes selecionaram 13 cafés vencedores na categoria Natural e 12 na categoria Cereja Descascado. O processo de avaliação das amostras foi conduzido por juízes – Q-Grader, sob a coordenação dos degustadores da COCARIVE, COOPERRITA e COOPERVASS, cooperativas de abrangência da Mantiqueira de Minas.

Segundo Antônio José Junqueira Villela, presidente da APROCAM, entidade que representa, controla e promove a Mantiqueira de Minas – IP “os cafés que participaram do concurso são todos certificados com o Selo de Origem e Qualidade Mantiqueira de Minas. Isso dá aos compradores a certeza de um produto que reflete características organolépticas únicas, que somente são encontradas em nossa região. O selo, tanto para o café verde como para o café torrado e moído é prova do nosso empenho em promover a origem Mantiqueira de Minas, e também, em enaltecer nossa tradição secular na produção de cafés raros e surpreendentes”.

Os lotes vencedores estarão disponíveis para venda e serão ofertados ao mercado.

ver mais notícias