NOTÍCIAS

Melhores cafés de Minas Gerais terão leilão virtual

  • 17/11/2015 |
  • Miriam Fernandes

Os melhores cafés de Minas Gerais, da safra colhida em 2015, serão vendidos em um leilão virtual, que está com inscrições abertas até sexta-feira, 20 de novembro. É uma oportunidade para as cafeterias e torrefadoras oferecerem aos consumidores um produto de qualidade excepcional, avaliados durante o 12º Concurso de Qualidade dos Cafés de Minas Gerais. Estão sendo oferecidos lotes de dez sacas dos cafés finalistas, das regiões produtoras do Cerrado, Matas e Sul de Minas.

O coordenador estadual de Cafeicultura da Emater-MG, Bernardino Cangussu, cita as vantagens de participar do leilão: "Esses cafés foram provados por um grupo de especialistas, que atestam a qualidade excepcional do produto. A nota mínima para participar do leilão é de 84 (da classificação da Associação Brasileira de Cafés Especiais, a BSCA). E muitos superam essa marca com sobra. Então, quem adquirir esse produto não vai ter preocupação. É pegar, torrar os grãos e servir ao consumidor final", afirma Bernardino.

Os cafés de Minas Gerais têm consolidado seu lugar de destaque entre os melhores grãos do mundo. "Temos aqui em Minas microclimas totalmente diferenciados, e com a convergência de clima e bons tratos culturais, os cafés desenvolvem características únicas de sabor e aroma, que provavelmente não vão se repetir em outras safras", explica o coordenador da Emater-MG.

O valor mínimo do lance dos cafés leiloados será de R$ 1 mil por saca de 60,5 quilos, para os lotes de 10 sacas. Segundo Bernardino Cangussu, o leilão deverá ser bem disputado. "Tem crescido muito o mercado de cafeterias de alto padrão. O café de qualidade tem encontrado clientes dispostos a pagar mais por estes sabores tão especiais."

O leilão virtual dos cafés especiais de Minas da safra 2015 é realizado pela Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão, da Universidade Federal de Lavras. Mais informações e a ficha de inscrição estão disponíveis no site www.faepecursos.ufla.br.

Concurso de Qualidade

O 12º Concurso Estadual de Qualidade dos Cafés de Minas registrou aumento de 26% no número de amostras inscritas (1,3 mil), em relação à edição de 2014. O concurso é coordenado pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater-MG), em parceria com a Universidade Federal de Lavras (UFLA), o Instituto Federal do Sul de Minas/Campus Machado e Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão (Faepe) e Secretaria de Estado de Agricultura. O objetivo é melhorar continuamente a qualidade dos cafés produzidos no Estado.

“O Concurso é uma ferramenta para incentivar a melhoria contínua dos cafés mineiros, principalmente da agricultura familiar. O foco é a educação através da assistência técnica e extensão rural, integrando setores como ensino, pesquisa, extensão e iniciativa privada em prol de uma cafeicultura moderna, competitiva e de alta qualidade para fornecer os melhores frutos desta safra para o consumidor”, afirma o gerente da Emater-MG em Lavras, Marcos Fabri Jr.

ver mais notícias