NOTÍCIAS

​Morgan lança híbrido e apresenta Powercore na Agrotins

A Morgan Sementes e Biotecnologia apresenta na Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins), de 09 a 13 de maio, realizada no Centro Agrotecnológico de Palmas, seu novo híbrido de milho para o cerrado brasileiro. O MG711 foi desenvolvido para sistemas de produção de alto investimento e é indicado tanto para o plantio de verão quanto para abertura de plantio na safrinha.

A marca também leva à feira mais opções de híbridos de milho e de sorgo que compõem um portfólio que atende às diversas necessidades da lavoura. Um dos destaques é o MG580 cujas características de estabilidade produtiva, sanidade foliar e precocidade tem atraído os agricultores da região para plantio no verão e na safrinha. Outro híbrido da marca é o MG652, que apresenta dupla aptidão e pode ser utilizado para produção de grãos e silagem em lavouras de alto investimento.

Toda a linha de milho da Morgan conta com a tecnologia Powercore que reúne o controle das principais lagartas que atacam a cultura do milho à tolerância aos herbicidas glifosato e glufosinato. A marca oferece ainda a praticidade e eficiência do Tratamento de Sementes Industrial, que protege a lavoura contra diversos insetos e doenças iniciais da cultura do milho.

A Morgan leva também ao evento sua linha completa de sorgo. Os destaques são o novo 50A60 e o 50A10, que possui ciclo superprecoce. O 50A60 é responsivo e com excelente sanidade e estabilidade produtiva. De ciclo precoce, o híbrido é perfeito para integração com híbridos de ciclo mais curto, permitindo o escalonamento de plantio e colheita.

Os franqueados da marca e os times de marketing e desenvolvimento de produtos da Morgan estarão no estande apresentando as características do portfólio de híbridos e indicando ao agricultor como extrair o melhor de seu potencial produtivo.

Powercore age por meio de três proteínas BT distintas inseridas, que com múltiplos modos de ação permitem controle de algumas das principais pragas do milho – como a Lagarta-do-cartucho (Spodoptera frugiperda), Broca-do-colmo (Diatraea saccharalis), Lagarta-da-espiga (Helicoverpa zea), Lagarta-elasmo (Elasmopalpus lignosellus), Lagarta-rosca (Agrotis ipsilon) e Lagarta-das-vagens (Spodptera eridania). A tecnologia também oferece tolerância aos herbicidas glufosinato e glifosato.

ver mais notícias