NOTÍCIAS

Morgan lança três novos híbridos de milho no Dia de Campo Dinho Varaldo

A Morgan Sementes e Biotecnologia irá lançar durante o Dia de Campo Dinho Varaldo, dia 25 de fevereiro, em Nova Ponte (MG), três novos híbridos de milho para os agricultores do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. Foram preparadas para os visitantes áreas de aproximadamente um hectare para cada um dos novos materiais da marca: MG300, MG580 e MG600.

Voltados para lavouras de alto e médio investimento, os híbridos foram selecionados com base no rico banco de germoplasma à disposição da Morgan e testados em diversas regiões do Brasil antes de serem disponibilizados no mercado.

Para o agricultor que busca alto potencial produtivo, a Morgan apresenta o MG 580. O material é indicado para produção de grãos em lavouras de alto investimento e se destaca também por sua precocidade, sanidade foliar e estabilidade produtiva.

Se a situação pede mais atenção à sanidade do material, a opção pode ser o MG600, um produto indicado para lavouras de alto investimento que reúne características como boa sanidade foliar, precocidade e produtividade. O MG 600 também é reconhecido pela sanidade e alta resistência física de colmo, o que facilita o gerenciamento da colheita.

Para lavouras de médio e alto investimento, a Morgan apresenta o superprecoce MG300, que permite rapidez na comercialização da safra e oferece maior retorno ao produtor de acordo com o nível de investimento. Este novo produto também possui arquitetura ereta que permite o cultivo em espaçamentos reduzidos e mais adensados.

Powercore™ - Todos os materiais serão apresentados em suas versões com tecnologia Powercore™ que por meio de cinco genes estaqueados, proporciona aumento na produtividade das lavouras de milho de acordo com o nível tecnológico da lavoura e das condições climáticas. Com três proteínas BT distintas inseridas, proporciona múltiplos modos de ação que permitem controle de algumas das principais pragas do milho – como a Lagarta-do-cartucho (Spodoptera frugiperda), Broca-do-colmo (Diatraea saccharalis), Lagarta-da-espiga (Helicoverpa zea), Lagarta-elasmo (Elasmopalpus lignosellus), Lagarta-rosca (Agrotis ipsilon) e Lagarta-das-vagens (Spodptera eridania). A tecnologia também oferece tolerância aos herbicidas glufosinato e glifosato, o que permite flexibilização do manejo, otimizando maquinário e mão de obra de pulverização.

ver mais notícias