NOTÍCIAS

Novo chefe-geral da Embrapa Agrossilvipastoril toma posse sexta-feira

  • 24/09/2015 |
  • Gabriel Faria
Será realizada na manhã desta sexta-feira em Sinop (MT) a cerimônia que oficializa a posse do pesquisador Austeclínio Lopes de Farias Neto como chefe-geral da Embrapa Agrossilvipastoril. O evento terá início às 9h, no auditório da Unidade, e contará com a presença do presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Maurício Antônio Lopes, dos empregados da empresa, de parceiros institucionais e autoridades.

Austeclínio foi escolhido para o cargo por meio de um processo de seleção do qual poderiam participar não só empregados de carreira da Embrapa, mas também outros profissionais ligados à ciência e tecnologia que atendessem aos pré-requisitos exigidos pelo edital. O mandato de chefe-geral é de três anos, podendo ser prorrogado por mais três.

Apesar de a cerimônia de posse ocorrer nesta semana, a transmissão do cargo foi feita no início de julho. Antes de Austeclínio assumir a função, o cargo foi ocupado pelo pesquisador João Flávio Veloso Silva, que durante seis anos conduziu a implantação da Embrapa Agrossilvipastoril.

O novo chefe-geral está na Embrapa Agrossilvipastoril desde 2010 e participou da gestão anterior, tendo ocupado o cargo de chefe-adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento. Nesta função, conduziu a formação do quadro de pesquisadores e da carteira de projetos científicos da instituição.

"Assumo a chefia-geral com grande motivação, no sentido de dar continuidade ao processo de consolidação da Embrapa Agrossilvipastoril", ressalta Auisteclínio, que buscará aperfeiçoar o trabalho realizado nos últimos anos.

"Vamos buscar muito fortemente aumentar a relação com as Unidades da Embrapa parceiras e também o aumentar substancialmente as parcerias público privadas e as parcerias internacionais. São áreas em que podemos avançar muito", afirma.

Trajetória profissional

Contratado como pesquisador da Embrapa Cerrados (Brasília-DF) em 1989, Austeclínio Lopes de Farias Neto desenvolveu sua carreira trabalhando com melhoramento genético de soja. Em 1995 conquistou o título de mestre pela Universidade de São Paulo (Esalq-USP) e em 2005 concluiu o doutorado na Universidade de Ilinois, nos Estados Unidos. Ambas as titulações foram obtidas trabalhando com genética e melhoramento de plantas. Como melhorista de soja, tem 25 cultivares protegidas e quatro registradas.

Além de exercer o cargo de chefe-adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento na Embrapa Agrossilvipastoril, Austeclínio já foi gestor do Núcleo de Produção Vegetal e presidente da Comissão Interna de Biossegurança da Embrapa Cerrados.

Também foi chefe do Departamento de Pesquisa e Experimentação da Fundação Zoobotânica do Distrito Federal.

Equipe
Para coordenar os trabalhos na Embrapa Agrossilvipastoril, Austeclínio conta com três chefes-adjuntos. O pesquisador Eduardo Matos é o responsável pela área de Pesquisa e Desenvolvimento, o pesquisador Flávio Fernandes Júnior conduz o setor de Transferência de Tecnologia e o analista André Rossoni continua na chefia-adjunta de Administração, cargo que ocupa desde o fim de 2013.

Serviço
Cerimônia de posse do chefe-geral da Embrapa Agrossilvipastoril
Sexta-feira, 25 de setembro - 9h
Auditório da Embrapa Agrossilvipastoril - Rod. MT-222, Km 2,5 - Sinop (MT) ver mais notícias