NOTÍCIAS

​Novo Vessarya, para controle da ferrugem, é lançado na região de Passo Fundo-RS

Cerca de 250 convidados participaram no dia de ontem de um evento de lançamento do novo fungicida Vessarya, da DuPont Proteção de Cultivos, na região de Passo Fundo. O novo produto é indicado ao controle da ferrugem da soja e de outras doenças da oleaginosa. Segundo engenheiros agrônomos da DuPont, Vessarya passa a integrar o Programa de Fungicidas da empresa, ancorado também no produto Aproach Prima.

De acordo com a DuPont, o fungicida Vessarya dispensa o uso de adjuvantes (óleo) na pulverização e reúne na fórmula as moléculas Picoxistrobina e Benzovindiflupir, descritas pela empresa como as mais ativas de seus respectivos grupos químicos.

“Vessarya traz ao mercado uma solução tecnológica inovadora, capaz de atender com excelência aos produtores que enfrentam desafios permanentes em relação à ferrugem asiática", ressalta o engenheiro agrônomo Raphael Godinho, gerente de marketing da DuPont Brasil.

Segundo Godinho, nos mais de 400 campos realizados na etapa pré-lançamento de Vessarya, o controle da ferrugem com o produto teve desempenho superior na comparação a tratamentos-padrão adotados por produtores. A média de produtividade registrada pelo fungicida da DuPont nos ensaios foi de 69,4 sacas de soja por hectare, ante indicadores comparativos situados entre 47,1 sacas/ha e 65,3 sacas/ha, obtidos com outros produtos.

Godinho acrescenta que Vessarya dispensa o uso de adjuvantes na pulverização, apresenta efeito sistêmico (age no interior da planta da soja) e também resiste à lavagem por chuvas. “Esses benefícios estão associados à revolucionária formulação de Vessarya, que reúne uma combinação única de moléculas", reforça ele.

“Vessarya chega para complementar o Programa de Fungicidas da DuPont para a soja. Trata-se de um produto altamente inovador, que será o 'parceiro ideal' do consagrado fungicida DuPont Aproach Prima no controle da ferrugem e de outras doenças da soja", finaliza Raphael Godinho.

Dados do Consórcio Antiferrugem da Embrapa indicam que o chamado custo-ferrugem da sojicultura brasileira tem sido da ordem de US$ 2 bilhões por safra, incluindo perdas registradas na produção de lavouras e custos decorrentes do manejo da doença.

Mais informações: www.dupontagricola.com.br

ver mais notícias