NOTÍCIAS

Plataforma da Aprosoja simula dados do Zarc

  • 06/12/2017 |
  • Ascom Aprosoja

Com a publicação da Portaria 212/2017, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) divulgou orientações para o Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc) do milho de segunda safra em Mato Grosso, relativo aos anos 2017/2018. 

 
O Zarc é um instrumento técnico-científico de política agrícola e gestão de riscos na agricultura, que estabelece datas de plantio levando em consideração a cultura, o tipo de solo e o histórico climático de cada região. Para auxiliar os agricultores, a Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) desenvolveu um aplicativo focado no zoneamento. Acesse aqui
 
Por meio da plataforma, que é rápida e prática, os produtores rurais podem checar a data de semeadura do milho e os riscos climáticos de acordo com o Zarc de cada região. Para tanto, é preciso inserir no sistema a cultura, a safra, o cultivar e o município. Em seguida, serão apresentados as recomendações e os riscos. 
 
Além do sistema, a Aprosoja também divulgou nesta quarta-feira (6) o Informe Técnico 204, sobre o Zarc e também sobre o seguro rural. O Zarc é importante por ser uma ferramenta de gestão de riscos relacionados aos fenômenos climáticos adversos. “Mais do que isso: é importante salientar que o cumprimento deste calendário é pré-requisito para que, em eventual sinistro de safra, o produtor fique coberto pelo seguro rural contratado”, explica o analista de Política Agrícola, Eduardo Vaz. 
 
Outra opção – Apesar de a Aprosoja ter elaborado seu próprio sistema para a otimização da informação ao produtor rural, o Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa) também possui uma plataforma sobre o Zarc. Neste caso, as informações podem ser filtradas por safra, cultura, Unidade da Federação (UF), grupo, solo e município. Para acessá-la, clique aqui

ver mais notícias