NOTÍCIAS

Polo está agora disponível para o controle de mosca branca na cultura da soja

Recomendado pela Syngenta para o combate das principais pragas do algodão como ácaros, pulgão e mosca branca, o inseticida Polo 500 SC acaba de obter a extensão de seu registro para o controle da mosca branca (Bemisia tabaci B) na cultura da soja. Além do efeito deformante na planta, causado pela saliva tóxica do inseto, a praga pode causar sérios danos às lavouras de soja, incluindo grandes perdas na produção.

Tendo como princípio ativo o Diafentiurom, Polo tem alta performance no controle da mosca-branca. O produto atua em prol da redução do nível de infestação e, consequentemente, da proteção da produtividade das lavouras, em linha a um dos principais pilares do The Good Growth Plan, Plano de Agricultura Sustentável da Syngenta.

“O problema da mosca branca no Brasil vem ganhando novas proporções, preocupando agricultores de todas as regiões. Atenta a isso, a Syngenta trabalhou pela extensão do registro do Polo, que tem eficiência comprovada no controle da praga", afirma Aimar Pedrini, Gerente de Portfólio da empresa.

Polo 500 SC tem ainda recomendações de uso e eficácia atestada para controle de pulgão-verde e ácaro em diversas hortaliças como batata, berinjela e pepino.

ver mais notícias