NOTÍCIAS

​Polos do Curso Técnico em Agronegócio retomam aulas no RS

  • 11/08/2017 |
  • Tiago Ritter

Os dois polos gaúchos do Curso Técnico em Agronegócio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR-RS) retomam as aulas neste final de semana. Mais 80 novos alunos ingressam no programa desenvolvido pelo SENAR-RS em parceria com a Rede e-Tec Brasil, totalizando 233 participantes. O semestre será marcado pela formatura das duas primeiras turmas que estrearam a iniciativa no Estado.

As aulas nas unidades de Cruz Alta e São Sepé iniciaram na última quinta-feira. A largada oficial ocorre neste sábado, com a integração dos 80 novos alunos – 40 em cada polo.

Com 1.230 horas/aula ao longo de dois anos, o curso tem formato semipresencial, sendo 80% realizado na modalidade EaD. Os encontros presenciais ocorrem nos polos educacionais, localizados nos Sindicatos Rurais dos municípios, entidades parceiras do projeto. Também são realizadas visitas técnicas a empresas, propriedades e agroindústria, possibilitando aos alunos a tomada pratica de parte dos conteúdos abordados em aula. Conduzida por tutores, profissionais instrutores do próprio SENAR, a grade curricular é dividida em quatro semestres, tendo como foco a gestão da propriedade rural.

No Rio Grande do Sul, o programa teve início em março de 2016 no Polo de Educacional de Cruz Alta, ganhando mais uma unidade este ano em São Sepé.

Incluindo os participantes egressos deste semestre, o Curso Técnico em Agronegócio conta com 147 alunos no polo de Cruz Alta e 86 na unidade de São Sepé, onde ocorrerá o lançamento oficial do semestre com a presença de diretores do SENAR-RS. Este é o primeiro curso realizado pela instituição regulamentado pelo Ministério da Educação (MEC), focado especificamente no público jovem. Além do Rio Grande do Sul, o programa também ocorre nos estados do Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, Sergipe, Tocantins e Distrito Federal.

ver mais notícias