NOTÍCIAS

Presidente do Fundecitrus recebe prêmio “Heróis da Revolução Verde”

  • 14/10/2015 |
  • Fabiana Assis
O presidente do Fundecitrus, Lourival Carmo Monaco, recebeu o prêmio “Heróis da Revolução Verde” no VII Fórum Inovação, Agricultura e Alimentos para o Futuro Sustentável, realizado na última terça-feira (13/10), em sessão especial no Senado Federal, em Brasília.

A quarta edição do prêmio homenageou dez personalidades que têm trajetória de apoio à agricultura sustentável. É uma iniciativa da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), em parceria com a Associação Nacional de Defesa Vegetal (Andef), a Associação Brasileira do Agronegócio (Abag) e a Empresa Brasileira de Agropecuária (Embrapa). “Os homenageados são escolhidos em consenso entre as quatro instituições. São pessoas que contribuíram com o salto tecnológico do setor agropecuário nos últimos anos”, afirma Eduardo Daher, diretor executivo da Andef.

A história profissional de Lourival Carmo Monaco é marcada pelo incentivo à inovação, ao desenvolvimento tecnológico e proteção ao meio ambiente. “Esse prêmio é o reconhecimento de um trabalho construído com o apoio de muitas pessoas e reflete um pouco da minha personalidade, já que a busca pelo novo e a preocupação com a tecnologia, com a qualidade e a sustentabilidade fazem parte de mim”, afirma Monaco.

Presidente do Fundecitrus, desde 2008, é incentivador do desenvolvimento de pesquisas que promovem a redução de pulverizações, a economia de água, o controle biológico de pragas e a busca por bioinseticidas, contribuindo com a diminuição do impacto ambiental e com uma citricultura mais sustentável.

Monaco é citricultor, engenheiro agrônomo, mestre e doutor pela Universidade da Califórnia. Atuou no Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Foi pesquisador científico e Diretor-Geral do Instituto Agronômico de Campinas (IAC), Presidente da Academia de Ciências de São Paulo, Secretário da Secretaria de Tecnologia Industrial (STI), do Ministério da Indústria e do Comércio (MIC), Secretário da Comissão Nacional de Energia (CNE), Presidente da Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), do Ministério da Ciência e da Tecnologia e Secretário da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo.

“O futuro da agricultura compulsoriamente será sustentável. As mudanças climáticas que vêm ocorrendo mostram a necessidade de antecipação das ações de proteção ao meio ambiente. Isso faz parte da evolução e deve ser cada vez mais discutido e incentivado”, diz.

O Fórum foi criado como forma de celebrar a Semana Mundial de Alimentação, de 11 a 17 de outubro. Neste ano, além da premiação, também foram comemorados os 70 anos da FAO e abordados os desafios e soluções para a agricultura sustentável. ver mais notícias