NOTÍCIAS

Primeiro ano do Arroz Protegido comprova sucesso do programa

  • 17/02/2016 |
  • Emerson Alves

Foto: Divulgação

O prejuízo pode ser maior ou menor, mas todos os anos, a atividade agrícola contabiliza perdas causadas por problemas climáticos. Na safra 2015/2016, dos 1,08 milhão de hectares semeados com arroz no Rio Grande do Sul, 14% de toda a área cultivada no Estado ficou alagada pela enchente. Segundo dados do Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), as perdas já confirmadas estão na ordem de 4%. Muitos desses produtores, que financiaram a lavoura com recursos próprios, perderam praticamente tudo. Outros só conseguiram replantar porque optaram pelo Arroz Protegido, um modelo de seguro rural privado específico para o setor arrozeiro.

Lançado oficialmente nesta safra, o Arroz Protegido foi elaborado pela Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz), em parceria com a Tovese Corretora de Seguros e a AgroBrasil. O seguro, disponível à todos produtores do Estado no ato da contratação dos custeios, cobriu sinistros de granizo, vendaval, além da cobertura de replantio em consequência do excesso de chuva.

O grande diferencial em relação aos outros seguros agrícolas já praticados no mercado está na forma de indenização. No caso do Arroz Protegido, a análise será técnica, avaliando o dano direto causado na área de cultivo para determinar um percentual de perdas. “Se o produtor perder 100% da lavoura, a indenização é de R$ 4 mil por hectare. No caso de sinistro para replantio por excesso de chuvas, o valor é de R$ 800,00 por hectare prejudicado, diz o diretor da Tovese Corretora de Seguros, Otavio Simch.

O especialista em seguro rural dá um outro exemplo. Se o produtor contratou o seguro e pagou o valor de R$ 6 mil para proteger uma lavoura de 115 hectares, ele conseguiu ressarcir-se dos prejuízos causados por uma enchente que atingiu cerca de 46 hectares, recebendo uma indenização de R$ 37 mil para replantar a área, o que lhe deixou muito satisfeito conforme Simch.

A Tovese Corretora de Seguros estará atendendo os produtores interessados no programa Arroz Protegido durante a vigésima-sexta edição da Abertura Oficial da Colheita do Arroz, que ocorre de 18 a 20 de fevereiro no Parque de Exposições Doutor Lauro Dornelles, em Alegrete (RS).

ver mais notícias