NOTÍCIAS

Projeto “Lavoura de Resultados” promove treinamento sobre tecnologia de aplicação de defensivos agrícolas

Criado para levar informação e conhecimento aos produtores rurais, o projeto “Lavoura de Resultados", da Emater-RS (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural) conta com a parceria da Embrapa e da Massey Ferguson para habilitar agricultores a executar, de forma correta, a aplicação de defensivos agrícolas. Uma das etapas do programa é o treinamento que a Massey Ferguson oferece aos profissionais que trabalham no projeto. No último mês, 24 técnicos da Emater-RS foram capacitados na sede da fabricante de máquinas agrícolas sobre tecnologia de aplicação. “A ideia é que eles multipliquem no campo as boas práticas de pulverização”, explica Vitor Kaminski, supervisor marketing produto pulverizadores da AGGO, detentora da marca Massey Ferguson.

O projeto “Lavoura de Resultados” faz o acompanhamento e monitoramento de pragas, doenças e plantas daninhas em 52 Unidades de Referência Tecnológica (URT), na safra 2015/2016, que se dedicam à cultura da soja. As supervisões das lavouras são semanais e contam com o suporte da Embrapa e também de universidades na avaliação da presença de doenças e pragas, que posteriormente servem como parâmetro para tomadas de decisão quanto ao momento da aplicação de inseticidas e fungicidas. Segundo informações do Consórcio Antiferrugem, na safra 2015/2016, o Rio Grande do Sul foi o Estado com o maior número de registros do País.

De acordo com Alencar Paulo Rugeri, assistente técnico estadual de sistemas de produção vegetal da Emater/RS-Ascar, os empreendedores rurais que participaram do programa tiveram uma redução de 48% no número de aplicações de inseticidas e 24% no número de aplicações de fungicidas. “O projeto visa a alcançar melhores resultados com mínimo custo, mas nunca colocar em risco a produtividade dos agricultores. Precisamos resgatar e preservar as tecnologias disponíveis. Através do diagnóstico e monitoramento das Unidades de Referência e da aplicação das tecnologias adaptadas às realidades, buscamos ampliar a produtividade dos agricultores do RS”.

Kaminski complementa “o Lavoura de Resultados está atacando um dos principais gargalos na lavoura: a tecnologia de aplicação. O padrão da gota, o momento certo da aplicação, a escolha correta das pontas de pulverização, as condições climáticas, e a escolha do princípio ativo adequado, são alguns dos pontos a serem observados no combate às pragas e doenças”.

A finalidade é incentivar os produtores a adotarem tecnologias e informações para o uso racional de defensivos. “Nossa intenção é obter resultados mais sustentáveis, tanto do ponto de vista econômico quanto ambiental. A manutenção da máxima produtividade é um princípio básico do projeto”, esclarece o supervisor.

Entre as principais metas do projeto da lavoura de resultado, estão a redução de um terço no número das aplicações de inseticidas nas lavouras. Para isso os técnicos da Emater-RS fazem visitas semanais na lavoura de soja, em todo o ciclo, do plantio à colheita. Assim como a melhoria na qualidade das aplicações de produtos químicos e biológicos, e o aprimoramento dos critérios de identificação e reconhecimento dos insetos, inclusive, daqueles que são benéficos.

ver mais notícias