NOTÍCIAS

Promip apresenta produto biológico para controle da broca-da-cana

  • 28/09/2015 |
  • Luis Claudio Allan
O Brasil é exemplo mundial em controle biológico aplicado na cultura da cana-de-açúcar. Estima-se que atualmente mais de 3 milhões de hectares sejam tratados com a vespinha Cotesia flavipes para o manejo biológico de broca-da-cana em todo país. Esse parasitoide, introduzido no Brasil em meados dos anos 70, é produzido em larga escala por algumas biofábricas e diversas usinas instaladas nas principais regiões produtoras. Quando liberado em campo esse inimigo natural ataca a lagarta da broca-da-cana.

Outro importante agente biológico de controle desta praga é a microvespa Trichogramma galloi. Diferente da Cotesia, o Trichogramma ataca os ovos da broca-da-cana, inibindo o desenvolvimento da praga antes que atinja a fase de lagarta, a qual efetivamente causa dano à cultura. A associação das duas microvespas, Cotesia e Trichogramma, apresenta sinergismo pois cada uma atua em diferentes fases de desenvolvimento da praga. Estudos revelaram que três liberações consecutivas semanais de Trichogramma e uma aplicação de Cotesia ocasionam redução de mais que 60% no índice de intensidade de infestação causado pela broca-da-cana.

A Promip (www.promip.agr.br), empresa que atua no segmento de manejo integrado de pragas, acaba de registrar, junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, um novo produto biológico contendo Trichogramma galloi (Trichomip-G). Desta forma, a empresa coloca ao alcance do produtor mais uma alternativa para o manejo da broca-da-cana, sendo que o Trichomip-G pode ser utilizado tanto em áreas de produção orgânica quanto nas áreas de produção convencional de cana-de-açúcar.

O produto biológico é oferecido em embalagens contendo 50.000 ou 100.000 parasitoides. As microvespas são distribuídas em campo, em pontos equidistantes dentro de cada talhão. Após a liberação, os inimigos naturais emergem imediatamente em busca do hospedeiro (ovo da praga) o qual utilizam para se reproduzir, completar seu ciclo biológico e iniciar nova geração em campo. A empresa já está negociando contratos para o fornecimento deste novo agente biológico oferecido na forma de produto ou serviço. A aplicação em grandes áreas será atendida através de um método inovador de distribuição.

O interesse do agricultor por produtos biológicos tem aumentado a cada safra, sendo que esse fato está relacionado principalmente a eficiência dos inimigos naturais em campo, baixo impacto ambiental, segurança e facilidade na aplicação.

Sobre a Promip

A Promip, empresa de manejo integrado de pragas e controle biológico foi fundada em 2006 junto a ESALTec em Piracicaba/SP. Atualmente sua Biofábrica e Estação Experimental estão localizadas em Engenheiro Coelho, no interior de São Paulo, é a única empresa brasileira que produz e comercializa predadores, que complementam o uso de agroquímicos no controle de pragas, doenças e plantas daninhas, aumentando a produtividade agrícola. A Promip desenvolve inovações que aumentam a produtividade agrícola, trazendo soluções complementares ao uso de agroquímicos e transgênicos. ver mais notícias