NOTÍCIAS

Reunião de cúpula da AGCO sobre a África abordou crescimento sustentável e inclusivo na agricultura

  • 20/01/2016 |
  • Viviane Santa Cruz

A AGCO, líder mundial em concepção, fabricação e distribuição de equipamentos e soluções agrícolas, realizou sua 5ª reunião de cúpula anual em Berlin, na Alemanha, sobre assuntos relacionados ao continente africano. A edição 2016 do encontro, iniciativa conjunta da AGCO, Bayer CropScience, Rabobank e De Lage Landen, teve como principal assunto a transformação da agricultura na África por meio de um crescimento inclusivo e sustentável. "A revolução da agricultura na África precisa ser acelerada, de modo a aumentar a disponibilidade de alimentos localmente e alimentar uma população mundial em rápido crescimento", afirmou Martin Richenhagen, Chairman, Presidente e CEO da AGCO Corporation. “A AGCO aumentou sua presença local ao disponibilizar aos produtores africanos e ao agronegócio soluções agrícolas abrangentes. Nossos investimentos na agricultura africana irão ajudar a garantir um fornecimento sustentável de alimentos, levando ao crescimento da economia.”

Existem aproximadamente 60 milhões de entidades agrícolas na África. Destas, 77% são produtores subsistentes que praticam agricultura manual, 19% são pequenos produtores ou emergentes que utilizam pouca mecanização e o restante, cerca de 4%, é formado por produtores médios e grandes comerciais. "A revolução agrícola na África precisa de soluções mecanizadas sustentáveis para todos os produtores, desde a preparação e a colheita até a armazenagem de grãos e produção de proteína para aumentar a produtividade e lucratividade", afirma Rob Smith, Vice-Presidente Sênior e Gerente Geral para a Europa, África e Oriente Médio. Para a AGCO, 'sustentável' significa a criação de produtos apropriados às condições africanas; fabricando produtos simples, modernos e confiáveis na África, ao desenvolver nossa presença local de fabricação e montagem, além de treinamento de produtores e concessionários por meio da Fazenda Futuro da AGCO, juntamente com peças, serviços e suporte de campo de primeira por meio da grande rede de concessionários AGCO.

Para apoiar esta estratégia, a AGCO criou um Pacote de Mecanização para Produtores Emergentes por meio de sua marca Massey Ferguson, que oferecerá aos produtores rurais emergentes da África acesso a equipamentos agrícolas modernos a um preço acessível. O pacote conta com uma variedade de tratores Massey Ferguson entre 55 e 85 cavalos e uma linha completa de implementos associados, como disco, arado, subsolador, plantadeira, carreta, caixa transportadora, etc. O Pacote de Mecanização para Produtores Emergentes foi testado na Fazenda Futuro da AGCO, na Zâmbia, triplicando a produtividade.

"Este pacote, que poderia ser chamado de 'Fazenda em uma Caixa', é a prova de que a abordagem da AGCO de combinar o desenvolvimento de soluções mecanizadas juntamente com capital humano está correta", explica Rob Smith. "Mecanização inclusiva significa não deixar ninguém para trás no caminho para a prosperidade. Estamos trabalhando duro para garantir que produtores rurais, produtores jovens e famílias de baixa-renda de produtores possam participar e se beneficiar da mecanização. Ser inclusivo significa unir todas as partes envolvidas na agricultura africana nesta jornada em busca do crescimento agrícola."

Um elemento fundamental da estratégia de mecanização da AGCO para a África é a iniciativa da Fazenda Futuro AGCO, que proporciona oferece formação aos produtores em práticas agrícolas essenciais, além de treinar os operadores, mecânicos, bem como concessionários locais para operar e fazer a manutenção dos equipamentos. Como parte da estratégia, a AGCO irá construir uma segunda Fazenda Futuro em Francophone, na África, ainda este ano.

Durante o encontro, a AGCO assinou um memorando de intenções com a CNFA (Cultivating New Frontiers in Agriculture) - organização sem fins lucrativos sediada em Washington, que apoia empresas, fundações, governos e comunidades na construção de parcerias locais e globais que atendam à crescente demanda por alimentos. A AGCO e a CNFA irão promover, em conjunto, a mecanização agrícola na África como um dos caminhos fundamentais para melhorar a produtividade e disponibilidade de alimentos, principalmente entre os produtores rurais de pequeno porte. “A visão da CNFA para a África está alinhada com os nossos próprios objetivos de gerar um crescimento sustentável e inclusivo na agricultura e, por isso, nós valorizamos esta parceria”, concluiu Rob Smith.

Para mais informações, acesse: http://agco-africa-summit.com/

ver mais notícias