NOTÍCIAS

​Santander inicia operações de loja voltada ao Agronegócio em Primavera do Leste (MT)

  • 19/06/2017 |
  • Santander

O Santander inaugurará amanhã (20) a terceira loja totalmente direcionada ao agronegócio em Mato Grosso. A partir dessa data, o produtor rural da região de Primavera do Leste receberá atendimento exclusivo e especializado. O espaço de negócios fica na Rua Minas Gerais, 593, Centro. A inauguração será às 9h, com a presença de autoridades locais políticas e do agronegócio.

A loja do Santander na cidade de Mato Grosso é a terceira no Estado e a oitava a ser inaugurado no País. Dessa forma, o Banco cumpriu seu cronograma de inaugurações para o primeiro semestre. Desde janeiro até o momento, foram inaugurados estabelecimentos em Cristalina (GO), Naviraí (MS), Posse (GO), Campo Novo do Parecis (MT), Canarana (MT), Paragominas (PA) e Balsas (MA). Todas essas unidades se somam às 300 agências vocacionadas ao setor, distribuídas por todo o País.

A estrutura de atendimento, em horários pré-agendados, será composta por um gerente geral, dois gerentes comerciais e um gerente de atendimento, sem a presença de caixas. O atendimento não relacionado ao agronegócio continuará a ser feito na agência mais próxima da loja. No caso dos clientes de Primavera do Leste, será a do município de Rondonópolis, localizada na Avenida Cuiabá, 927, Centro.

“Primavera do Leste é uma das cidades mais importantes na produção agropecuária do Brasil. Ficar mais próximo do produtor da região e atendê-lo em suas necessidades financeiras será o nosso apoio na expansão da atividade”, afirma Carlos Aguiar, superintendente executivo de Agronegócios do Santander.

As lojas fazem parte da estratégia do Santander de estar em localidades onde ainda não está presente. A partir do segundo semestre, o Banco prevê o início das operações de mais oito espaços de negócios Agro. Os Estados escolhidos são: Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, com mais duas lojas cada; e Goiás, Pará, Rondônia e Minas Gerais, com um espaço de negócios em cada local. Os municípios ainda estão sendo mapeados pelo Banco, mas o critério é que a cidade tenha um papel relevante no PIB Agrícola, um alto valor bruto de produção.

Em 2016, o total da carteira expandida de crédito ao setor do Santander somou R$ 40,5 bilhões, sendo R$ 9 bilhões de linhas de credito rural e o restante de recursos livres. Também no ano passado o Banco contratou mais de 40 agrônomos para atuar nas fronteiras agrícolas.

Em 2017, somente no primeiro trimestre, a carteira de crédito rural do Santander ficou em R$ 10,6 bilhões (incluindo pessoas físicas e jurídicas), aumento de 68,25% na comparação com os R$ 6,3 bilhões do mesmo período do ano passado. Na mesma base de comparação, a participação de mercado do Banco no Agronegócio chegou a 3,8% ao final de março, avanço de 0,8 ponto porcentual.

ver mais notícias