NOTÍCIAS

Sementes de soja com qualidade superior chegam ao mercado

  • 05/10/2015 |
  • Marianna Rebelatto
Produzir sementes com valor agregado é o objetivo da Sementes Cambaí, de São Luiz Gonzaga (RS). “Percebemos que o mercado está muito competitivo, e uma forma de nos diferenciarmos é entregando um produto de qualidade superior”, afirma o engenheiro agrônomo e proprietário da Sementes Cambaí, Valdinei Donato.

A filosofia da empresa, que já adotava padrões mínimos de 80% de vigor e 87% de germinação para sementes de soja, se encaixou perfeitamente com o Programa de Sementes Premium, lançado recentemente pela Fundação Pró-Sementes. Trata-se de um projeto que visa identificar lotes de qualidade fisiológica superior de sementes de soja e trigo das categorias básica, C1, C2, S1 e S2.

A Sementes Cambaí foi a primeira empresa a apostar no projeto, colocando no mercado 30 lotes de sementes de soja com o selo de Sementes Premium já para serem comercializados para o plantio na safra 2015/2016. O maior volume do insumo teve como destino uma revenda em Dourados, no Mato Grosso do Sul.

“Ainda não conseguimos avaliar a receptividade do mercado para as Sementes Premium, mas acreditamos que este seja o caminho”, analisa Donato. De acordo com o engenheiro agrônomo, a acreditação concedida pela Fundação Pró-Sementes oferece tranquilidade ao produtor, pois a entidade transmite valores como credibilidade e isenção.

Sobre o Programa de Sementes Premium

Lançado em agosto durante a programação do IV Encontro de Produtores de Sementes do Rio Grande do Sul e Treinamento de Responsáveis Técnicos, o Programa de Sementes Premium tem como objetivo identificar lotes de qualidade superior de sementes de soja e trigo das categorias básica, certificada de primeira geração (C1), certificada de segunda geração (C2), S1 e S2.

Poderão participar produtores de sementes de todo o Brasil inscritos no RENASEM (Registro Nacional de Sementes e Mudas). Os interessados devem entrar em contato com a Fundação Pró-Sementes e, mediante assinatura de contrato, solicitar amostragem dos lotes de interesse.

Estas amostras serão analisadas em laboratórios vinculados ao programa, que realizarão testes de germinação em areia, vigor em areia e vigor pelo processo de envelhecimento acelerado. Os lotes que atenderem ao padrão mínimo de 90% de germinação e 80% de vigor para sementes de soja, e 95% de germinação e 85% de vigor para sementes de trigo, receberão o selo de Sementes Premium. O padrão de vigor deverá ser atendido em ambos os testes para que o lote receba o atestado de Sementes Premium.

Quem quiser obter mais informações sobre o programa pode entrar em contato com a Fundação Pró-Sementes pelo telefone (54) 3314 8983 ou pelo e-mail premium@fundacaoprosementes.com.br. ver mais notícias