NOTÍCIAS

Valtra apresenta portfólio completo de colheitadeiras axiais

Os recorrentes recordes de produção de grãos também trazem boas perspectivas aos agricultores brasileiros. Para se ter uma ideia, a safra 2015/2016 deve superar as anteriores, atingindo 212,9 milhões de toneladas, segundo a Conab. Além disso, o Brasil está em condições de superar os Estados Unidos no futuro e se transformar no maior produtor de alimentos e bens agrícolas do mundo, de acordo com relatório recente apresentado pela FAO/OCDE (Food and Agriculture Organization/ Organisation for Economic Co-operation and Development).

Diante da expectativa de que o nosso país venha a alcançar o posto de maior produtor mundial de alimentos, a Valtra tem trabalhado cada dia mais na busca de novas tecnologias, que tenham como objetivo simplificar o trabalho no campo e ampliar a rentabilidade, com foco na sustentabilidade. Assim, a marca investiu nestes últimos dois anos na renovação completa de seu portfólio de colheitadeiras axiais.

Foram lançadas três novas máquinas de 2014 até agora (BC8800, BC7800 e BC6800), que aliam alta tecnologia à economia de combustível. “As novas colheitadeiras Valtra estão aptas a operar de maneira excelente nos ambientes mais exigentes, pois o novo processador permite que o produtor rural possa enfrentar as condições mais difíceis de colheita, com mais capacidade de processamento e menor consumo por tonelada colhida”, explica Douglas Vincensi, gerente de marketing do produto colheitadeira da AGCO América do Sul.

Além de possuir a maior taxa de descarga do mercado (com capacidade de 150 litros por segundo, na 7800 e 8800), as novas colheitadeiras axiais da série 800 da Valtra têm ainda um sistema que dispensa o uso da tela rotativa, o V-flow, desenvolvido para se livrar de palhas e resíduos. O sistema previne obstruções, gasta menos energia e reduz manutenções diárias.

A renovação da frota da Valtra começou com o lançamento da BC8800, que ocorreu durante a Agrishow 2014, segundo Vincensi, “o DNA desta máquina foi melhorado e adaptado à lavoura brasileira. Por isso, é possível dizer que a BC8800 chegou para atender a uma demanda do mercado interno por máquinas de alta performance, que permitem ao produtor rural trabalhar em janelas de colheita mais reduzidas”.

Em fevereiro de 2015, durante o Show Rural Coopavel, foi a vez da marca apresentar a BC7800. Inspirada na “irmã maior”, a nova classe 7 da Valtra (BC7800) alia alta potência e tecnologia, além do melhor desempenho em litros por tonelada colhida, já que em condições ideais de colheita e logística, ela consegue colher, em média, 450 a 550 sacas de soja por hora, com picos de até 650 sacas.

Por fim, em agosto deste ano, durante a Expointer, a Valtra lançou a BC6800 – uma colheitadeira classe 6 com cara de classe 7, que foi desenvolvida com conceitos inovadores, para que a máquina possa trabalhar como nenhuma outra da categoria, apresentando alta performance e economia de combustível. Sendo que, em condições ideais de terreno e de logística, a nova máquina faz em média 60 hectares/dia.

Diferenciais da série 800

Sistema TriZone: sistema de processamento onde a trilha e a separação ocorrem em 360º, por ser segmentado o rotor processa o material com menor dano ao grão, com baixo índice de resíduos e com grande vazão – características adequadas para encarar as condições mais difíceis de colheita.

Sistema de suporte de côncavos em H: são 12 as seções de côncavos, seis ao lado direito e seis ao lado esquerdo. Com ele, foi possível reduzir o peso dos conjuntos e permitir uma fixação simples e rápida para instalação, tornando mais fácil a remoção ou troca dos côncavos para adequar a configuração. Isso representa mais autonomia para o operador, pois agora é possível fazer este trabalho sozinho. Em outros modelos, é necessário o auxilio de outra pessoa. Além disso, como o sistema é composto por mais seções individuais, os custos de reposição podem ser menores, em caso de danos por objetos estranhos. Vale destacar também que nos modelos BC7800 (classe 7) e BC8800 (classe 8), a seção de trilha tem 1.250 mm de comprimento e ângulo de envolvimento de 142 graus, conferindo uma área total de 1,36 m². Na BC6800 a área de trilha é de 1,20m². Para a seção de trilha, a Valtra desenvolveu três tipos diferentes de côncavos: arame fino, arame grosso e barra redonda. Estas opções permitem que os côncavos sejam configurados para atender às diferentes culturas e condições. Os côncavos são suportados por uma estrutura em forma de H e contam com uma proteção exclusiva contra sobrecargas através de um sistema de suspensão por molas.

Sistema de limpeza: consiste num sistema de limpeza de grãos de multiestágios, que conta com um fluxo de ar direcionado, suportado por um ventilador de grande capacidade, assim, é capaz de ampliar a velocidade do ar e o direcionar para uma saída acima da peneira de pré-limpeza, eliminando, desta forma, tudo o que não for grão. Com isso, a máquina oferece maior capacidade de limpeza e diminui a sensibilidade de colheita em terrenos inclinados. Outro fator importante da nova colheitadeira é que o diâmetro do caracol de grãos limpos foi ampliado, incrementando em 60% o fluxo de grãos. Tudo para suportar a maior capacidade de processamento do novo rotor. Vale destacar ainda que a exclusiva pré-limpeza por fluxo de ar superior acompanha toda a extensão do processador TriZone, prevenindo perdas provenientes por excesso de material ou separação tardia dos grãos. A posição do rotor, diretamente sobre o sistema de limpeza, elimina a necessidade de caracóis transportadores, proporcionando menor dano aos grãos.

Sistema de resfriamento V-Flow: o V-Flow é mais um sistema inovador da Valtra. O exclusivo formato em ”V” e distribuição dos radiadores 'proporciona um desempenho muito superior em relação ao tradicional sistema de tela rotativa. O acionamento inteligente da reversão do ventilador garante que a entrada de ar do sistema esteja sempre livre de obstruções, isso elimina a necessidade de manutenção diária do sistema, reduzindo custos e a necessidade de parada para manutenção. Pois o sistema reverte a ação de aspiração do ar externo com base na temperatura, e, automaticamente a cada 15 minutos ou manualmente a partir do terminal C2100 dentro da cabine do operador.

Motor AGCO POWER e controle operacional: alimentada pelo motor AGCO Power de 84 WI de 8,4 litros e 6 cilindros em linha, a BC6800 possui 350 cv (potência nominal), 370 cv (potência máxima) e 380 cv (potência reserva).No caso da BC7800 são: 410 cv (potência nominal), 430 cv (potência máxima) e 450 cv (potência reserva), e motor AGCO Power de 98 WI de 9,8 litros e 7 cilindros em linha. Já a BC8800 tem 470 cv (potência nominal), 495 cv (potência máxima) e 510 cv (potência reserva) e motor AGCO Power de 98 WI de 9,8 litros e 7 cilindros em linha.

As configurações das novas colheitadeiras da Valtra proporcionam mais potência e assim entregam mais capacidade. Além disso, todos os controles das máquinas estão ao alcance das mãos e a um toque da tela, pois o Terminal C2100 com touchscreen é facilmente ajustado à altura e ângulos desejados por meio do suporte deslizante. O console, à direita, mantém todas as múltiplas funções da colheitadeira próximo dos dedos. E a alavanca multifunção giratória busca aumentar ainda mais o conforto operacional durante toda a jornada de trabalho.

Tecnologia embarcada: produzida para trabalhar com os mais modernos conceitos em equipamentos para agricultura de precisão, a série 800 da Valtra está preparada para absorver o sistema de telemetria AgCommand (monitoramento de máquinas agrícolas à distância), monitor de produtividade Fieldstar II (sistema para mapeamento de produção da lavoura) e piloto automático AutoGuide 3000.

ver mais notícias