NOTÍCIAS

Websérie sobre hortas caseiras ganha 2ª temporada

As hortas caseiras estão conquistando cada vez mais espaço nos grandes centros urbanos. Em busca de um estilo de vida mais saudável, um hobby relaxante ou maior contato com a natureza, homens e mulheres têm procurado cada vez mais dicas e produtos para manter “seu pedacinho de terra” em casa. Inspirada na tendência, a ISLA Sementes criou, no fim de 2014, a websérie “#minhahorta”, veiculada no Youtube. O sucesso foi tamanho que a empresa já lançou a segunda temporada. Até o início de abril, o projeto teve mais de 75 mil visualizações.

“Através do contato com o público percebemos que 7 em cada 10 pessoas gostariam de ter uma horta em casa, porém identificamos que apenas 1 destas 7 transformavam o desejo em realidade. As justificativas para as que querem mas não tentavam em geral eram a falta de espaço, de tempo, a demora para crescer, além do trabalho. Assim surgiu o projeto '#minhahorta' para desmistificar todas estas desculpas”, diz o diretor de planejamento estratégico da Isla Sementes, Andrei Santos.Se o público aprendeu os passos básicos para iniciar o plantio na ocasião do lançamento do projeto, a segunda temporada – que segue apresentada pela jornalista e paisagista Carol Costa – traz ainda mais informações para quem já tem uma horta em casa e quer aprender mais. Entre os temas abordados, a websérie ensina o espectador a cuidar de temperos e ervas aromáticas, além de dicas sobre como cultivar diferentes tipos de plantas como Trepadeiras (feijão e pepino), Brássicas (couve e repolho), Tutoradas (tomate, pimentas e berinjelas), Raízes, Hortaliças Folhosas, entre outras.

Os realizadores já comemoram a recepção do público. “Muitos consumidores nos deram feedbacks positivos, ainda na primeira temporada. As pessoas nos contam que tinham vontade de ter uma horta por diversas razões como consumo de alimentos saudáveis, frescor, aroma, bem-estar e bom exemplo, mas muitas vezes pensavam que manter o projeto era 'missão impossível'. A '#minhahorta' surgiu propulsionando nossos clientes a começar a plantar, não importa o espaço. A gente mostrou que para ter um cultivo basta ter vontade e atitude”, afirma Andrei.

ver mais notícias