Logo

Facebook Twitter

NEWSLETTER

Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura


26 de Setembro a 27 de Setembro
VI SIMBRAS
Atualizacoes Phytus.gif


home > artigos técnicos > Estatística da produção de feijão-caupi

ARTIGOS TÉCNICOS

Estatística da produção de feijão-caupi

O feijão-caupi (Vigna unguiculata L. Walp.) apresenta várias formas de utilização, sendo aproveitado principalmente como grãos secos para o consumo humano.

Dados disponíveis na FAO (2009) sobre a produção mundial de feijão-caupi, no ano de 2007, indicam que a cultura atingiu 3,6 milhões de toneladas em 12,5 milhões de hectares (Tabela 1). Produção esta alcançada em 36 países, destacando-se entre os maiores produtores a Nigéria, o Niger e o Brasil, respectivamente, os quais representam 84,1 % da área e 70,9 % da produção mundial.

Vale ressaltar a existência de um viés nessas estimativas, pois os dados do Brasil, por exemplo, não foram contabilizados nas estimativas da FAO, certamente em função da não realização da separação das estimativas de feijão-comum e feijão-caupi pelo IBGE. Singh (2006) apontou que a produção de feijão-caupi é sócio-economicamente importante em mais de 65 países, indicando a ausência de informação de vários países nos dados da FAO.

No Brasil, historicamente, a produção de feijão-caupi concentra-se nas regiões Nordeste (1,2 milhão de hectares) e Norte (55,8 mil hectares) do país, no entanto, a cultura está conquistando espaço na região Centro-Oeste, em razão do desenvolvimento de cultivares com características que favorecem o cultivo mecanizado. O feijão-caupi contribui com 35,6 % da área plantada e 15 % da produção de feijão total (feijão-caupi + feijão-comum) no país. As estimativas de área, produção e produtividade são apresentadas na Tabela 2.

Anualmente, em média, foram produzidas 482 mil toneladas em 1,3 milhão de hectares. A produtividade média do feijão-caupi, no Brasil, é baixa (366 kg ha-1), em função do baixo nível tecnológico empregado no cultivo. No entanto, estados como Amazonas, Goiás, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso apresentam produtividades superiores a 1.000 kg ha-1. O avanço da cultura na região central do Brasil propiciará um incremento na produtividade média brasileira, em função, principalmente, do uso de tecnologias que propiciam a cultura à expressão do seu potencial produtivo.

A ausência de separação das estatísticas de produção do feijão-caupi e feijão-comum, ainda é um empecilho as exportações brasileiras de feijão-caupi, pois o mundo desconhece que esse país produz esta cultura, já que os órgãos oficiais não expõem os dados. No entanto, graças aos esforços de alguns produtores e de algumas empresas o feijão-caupi do Brasil iniciou as exportações, abrindo mais uma alternativa de comercialização para o produtor.

Kaesel Jackson Damasceno e Silva
Pesquisador da Embrapa Meio-Norte
kaesel@cpamn.embrapa.br

Confira esse artigo, com tabelas, no link abaixo:

/arquivos/estatistica.pdf

REFERÊNCIAS

FAO. FAOSTAT. Crops. Cow peas, dry. Disponível em: http://faostat.fao.org/site/567/DesktopDefault.aspx?PageID=567#ancor. Acesso em 04 de outubro de 2009.
LEVANTAMENTO SISTEMÁTICO DA PRODUÇÃO AGRÍCOLA. Rio de Janeiro: IBGE, v. 16-20, 2004-2008.
NASCIMENTO, H. T. S. do; FREIRE FILHO, F. R.; ROCHA, M. M.; RIBEIRO, V. Q.; DAMASCENO-SILVA, K. J. PRODUÇÃO, AVANÇOS E DASAFIOS PARA CLTURA DO FEIJÃO-CAUPI NO BRASIL. In: CONGRESSO NACIONAL DE FEIJÃO-CAUPI, 2; REUNIÃO NACIONAL DE FEIJÃO-CAUPI, 7., 2009, Belém, PA. Da agricultura de subsistência ao agronegócio: Anais. Belém, PA: Embrapa Amazônia Oriental, 2009. 1 CD-ROM.
SINGH, B. B. Cowpea breeding at IITA: Highlights of advances impacts. In: CONGRESSO NACIONAL DE FEIJÃO-CAUPI; REUNIÃO NACIONAL DE FEIJÃO-CAUPI, 6., 2006, Teresina. Tecnologias para o agronegócio: Anais.Teresina: Embrapa Meio-Norte, 2006. (Embrapa Meio-Norte, Documentos, 121) 1 CD-ROM.


Logo Rodapé
RSS Twitter Facebook