Como melhorar o desenvolvimento inicial em trigo

A utilização do complexo nutricional Pack Seed, via tratamento de sementes, melhorou a germinação, a emergência e o desenvolvimento radicular inicial na cultura do trigo.

No Brasil, a cultura do trigo (Triticum aestivum) ocupa uma área de 2,5 milhões de hectares para uma produção de 7,6 milhões de toneladas. As culturas de grãos semeadas no Brasil utilizam sementes quimicamente tratadas. A aplicação de caldas à base de misturas de fungicidas, inseticidas, inoculantes e biorreguladores tem demonstrado resultados satisfatórios na qualidade fisiológica das sementes e no rendimento da cultura.

A aplicação de nutrientes via tratamento de sementes é uma excelente alternativa, devido ao contato direto do produto com a semente, o que possibilita o uso de menores doses e melhor potencial fisiológico das sementes. Comportamento semelhante é apontado quando complexos nutricionais polinutrientes, como o Pack Seed, são adicionados ao tratamento químico. Neste cenário, no intuito de se reduzir o número de produtos aplicados em pré-semeadura, a Spraytec inovou e desenvolveu o Pack Seed, produto que combina vários elementos para compor uma única formulação, passível de aplicação via sementes, no sulco e foliar.

A germinação e emergência do trigo são etapas importantes para o bom estabelecimento da lavoura
A germinação e emergência do trigo são etapas importantes para o bom estabelecimento da lavoura

Pack Seed é uma complexa mistura de compostos de natureza bioquímica diferente e 100% biodegradável para tratamento de sementes. É um produto diferenciado, pois além dos tradicionais Co e Mo, fornece macros e micronutrientes minerais, bioestimulantes, aminoácidos, enraizantes, ácidos orgânicos e micro-organismos. É uma formulação completa para tratamento de sementes, e uma alternativa promissora no tratamento industrial ou on farm, aplicado isolado ou juntamente com outros produtos. A utilização de cultivares de alto potencial genético associado ao desenvolvimento sustentável exige produtos inovadores e disruptivos como o Pack Seed.

Objetivo

O presente trabalho teve por objetivo avaliar a eficácia do produto Pack Seed, aplicado via tratamento de sementes de trigo, nos parâmetros de qualidade fisiológica das sementes.

Material e métodos

O trabalho foi conduzido no Núcleo de Pesquisa Aplicada à Agricultura da Universidade Estadual de Maringá, no município de Maringá, Paraná. Foram utilizadas sementes de trigo da cultivar TBIO Toruk (Biotrigo). O experimento foi instalado adotando-se o delineamento experimental inteiramente casualizado para os testes de laboratório e blocos casualizados para os testes de emergência em campo e em areia, com oito repetições. Os tratamentos consistiram na ausência (padrão) e presença (Pack Seed), ou seja, 0ml e 300ml/100kg de sementes. A avaliação do potencial fisiológico das sementes de trigo foi realizada por meio dos testes padrão de germinação, primeira contagem de germinação (indicativo do vigor), massa seca de plântula (parte aérea, radícula e plântula), envelhecimento acelerado, emergência das plântulas em substrato de areia e emergência das plântulas em campo. Os dados coletados foram submetidos à análise de variância (p < 0,05) e, quando significativas, as médias foram comparadas pelo teste de Tukey, utilizando-se o sistema para análise estatística Sisvar.

Resultados

Comparando-se entre si os pares de tratamentos ausência e presença de Pack Seed, notou-se que a adição de Pack Seed proporcionou resultados superiores àqueles observados nos tratamentos nos quais o produto não foi adicionado. A formulação inovadora de Pack Seed contém substâncias que podem proporcionar efeito fitotônico sobre o desempenho fisiológico das sementes de trigo. Para todas as variáveis analisadas, o uso do produto Pack Seed assegurou resultados superiores àqueles observados nos tratamentos conduzidos sem o uso do produto. Foram observadas diferenças entre as médias das variáveis analisadas, em que as sementes tratadas apresentaram melhor desempenho para as avaliações de primeira contagem (PC), germinação (G) e envelhecimento acelerado (EA). Esse fato ocorreu devido às sementes apresentarem maior velocidade nos processos metabólicos, propiciando emissão mais rápida e uniforme da raiz primária no processo de germinação e maior taxa de crescimento, produzindo plântulas com maior tamanho inicial. O tratamento com Pack Seed melhorou o desempenho das sementes. Com relação à emergência em areia e no campo, o tratamento de sementes de trigo com Pack Seed porporcionou os melhores resultados (Figura 1). Analisando os resultados, nota-se que para as variáveis massa seca da parte aérea (MSPA), massa seca do sistema radicular (MSSR) e massa seca total das plântulas (MSTP), a aplicação do produto Pack Seed proporcionou melhor desenvolvimento inicial, indicando a eficácia do produto em aumentar o desempenho das sementes de trigo e o desenvolvimento das plântulas (Figura 2).

Figura 1 - Média das variáveis primeira contagem (PC), germinação (G), envelhecimento acelerado (EA), emergência em areia (EmA) e emergência no campo (EmC)
Figura 1 - Média das variáveis primeira contagem (PC), germinação (G), envelhecimento acelerado (EA), emergência em areia (EmA) e emergência no campo (EmC)
Figura 2 - Média de massa seca de parte aérea (MSPA), massa seca do sistema radicular (MSSR) e massa seca total de plântulas (MSTP)
Figura 2 - Média de massa seca de parte aérea (MSPA), massa seca do sistema radicular (MSSR) e massa seca total de plântulas (MSTP)

Conclusão

Os resultados alcançados no presente ensaio apontaram que os melhores resultados na germinação e no potencial fisiológico das sementes de trigo foram obtidos com o uso da dose de 300ml/100kg de sementes de Pack Seed. O uso do produto Pack Seed no tratamento de sementes de trigo melhorou o desempenho das sementes nos diferentes testes, sem causar sintomas de fitotoxidez.


Alessandro Lucca Braccini e Rayssa Fernanda dos Santos, Universidade Estadual de Maringá (UEM)

ver mais artigos
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura