Defesa natural das plantas reforçada contra ferrugem asiática

Complexo nutricional bioativador mostra alto sinergismo quando associado ao uso de fungicidas convencionais e potencial para auxiliar no manejo da ferrugem-asiática por induzir os mecanismos de defesa da planta contra a doença.

O Cubo IR associado aos fungicidas convencionais aumentou a eficácia de controle em 16,4% e incrementou a produtividade em 6,2 sacas por hectare, em relação ao tratamento padrão. Desde o surgimento da Ferrugem Asiática (Phakopsora pachyrhizi) no Brasil ao final da safra 2001/02, perdas na produtividade de até 90% foram relatadas em todas as regiões do país. As dificuldades para o manejo dessa doença são grandes, pois todos os métodos de controle apresentam limitações, e a cada safra observa-se perdas na eficácia dos defensivos químicos utilizados. Desta forma, nos últimos anos tem crescido o interesse por métodos alternativos de manejo. Nesse contexto, a Spraytec desenvolveu o Cubo IR, que significa nutrição, maior defesa natural da planta e melhor qualidade da aplicação. Produto de alta tecnologia e biodegradável que atua na fertilização de flores, na formação e peso de grãos e no transporte de carboidratos, com reflexos positivos na produtividade. Outra característica diferencial do produto está relacionada ao aumento da resistência das plantas à fatores bióticos. Em resposta à aplicação de Cubo IR, os mecanismos de defesa são ativados, induzindo à planta a sintetizar altas concentrações de metabólicos secundários, que atuam como verdadeiras barreiras físicas e químicas, dificultando a entrada e desenvolvimento de patógenos, como o fungo causador da Ferrugem Asiática. A utilização de cultivares de alto potencial genético associado ao desenvolvimento sustentável exige produtos inovadores como o Cubo IR.

Objetivo

Avaliar a eficiência do complexo nutricional bioativador Cubo IR em associação com fungicidas convencionais no manejo de Ferrugem Asiática na cultura da soja.

Material e Métodos

O experimento foi conduzido na estação experimental da FAPA - Fundação Agrária de Pesquisa Agropecuária, localizada no distrito de Entre-Rios, Colônia Vitória, município de Guarapuava, PR. No ensaio foi utilizada a cultivar de soja Roos Camino RR. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, com quatro repetições. Os tratamentos consistiram em Testemunha (sem aplicação), Padrão FAPA (três aplicações de fungicidas) e Padrão FAPA + Spraytec (três aplicações de fungicidas associados ao Cubo IR 0,30 L ha-1). As aplicações foram realizadas quando a cultura estava no estádio V8, R3 e R5.3, respectivamente. O volume de calda utilizado foi de 200 L/ha. Foram realizadas avaliação da eficiência do produto no controle da Ferrugem Asiática e o rendimento da cultura. Os dados foram submetidos à análise de variância e ao teste de Tukey (p < 0,05), através do software SASM Agri (Canteri et al., 2001).

Resultados

Cubo IR demonstrou alto sinergismo junto aos fungicidas, aumentando a eficácia de controle da Ferrugem Asiática da soja. A associação de Cubo IR aos fungicidas aumentou a eficácia de controle em 16,4%, em relação ao tratamento padrão. O controle para o tratamento padrão foi de 80,4% e para o padrão associado ao Cubo IR foi de 96,8% (Figura 1). O aumento na eficácia de controle da Ferrugem Asiática é de extrema importância para que não haja perda do potencial produtivo da cultura. Nesse contexto, com relação à produtividade, a colheita na testemunha foi de 70,3, no padrão de 76,1 e no padrão mais Cubo IR de 82,2 sacas por hectare. A associação de Cubo IR aos fungicidas promoveu um incremento médio de produtividade de 11,9 sacas por hectare em relação à testemunha e de 6,2 sacas em relação ao tratamento padrão (Figura 2). Como a maioria dos fungicidas químicos apresenta limitações no controle, a associação deles com Cubo IR demonstrou ser uma ferramenta eficaz para garantir melhor controle da Ferrugem Asiática e consequentemente, promover maior produtividade da cultura da soja.

Figura 1 - Eficácia de Cubo IR no manejo da ferrugem-asiática da soja
Figura 1 - Eficácia de Cubo IR no manejo da ferrugem-asiática da soja
Figura 2 - Eficácia de Cubo IR sobre a produtividade da soja
Figura 2 - Eficácia de Cubo IR sobre a produtividade da soja

Conclusão

O Cubo IR, além de nutrir as plantas visando a máxima expressão de seu potencial produtivo, é uma alternativa promissora no manejo da Ferrugem Asiática da soja por induzir os mecanismos de defesa das plantas, apresentando alto sinergismo com os fungicidas convencionais.


Heraldo R. Feksa, Fundação Agrária de Pesquisa Agropecuária (Fapa)

ver mais artigos
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura