Diferentes sistemas de corte de palha para cada semeadura

Existem diversos sistemas de corte de palha e os mais utilizados para a semeadura direta das principais culturas são o disco e sulcador, disco e disco turbo; disco e disco duplo para sementes graúdas e para sementes miúdas o sistema disco duplo é o mais usual.

O sistema disco e sulcador foi, por muitos anos, o mais utilizado nas semeadoras. Essa semeadora é composta por um disco de corte liso com a função de cortar a palha e uma haste sulcadora que assemelha-se à ponteira de um escarificador, usado para abrir o sulco e para deposição de adubo. Este sistema é eficiente para remover camadas compactadas em superfície, mas tem como desvantagem o grande desgaste dos sulcadores e a necessidade de maior potência dos tratores.

Um sistema que gradativamente tem seu uso aumentando é o com dois discos na sequência. Este sistema tem variações como disco liso e disco turbo ou disco turbo e disco turbo. O princípio de funcionamento deste sistema é um disco de corte que pode ser liso ou ondulado para realizar o corte da palha acompanhado de um tubo condutor de fertilizante, que fica entre os discos e deposita o fertilizante superficialmente no solo. O segundo disco, que é chamado de turbo, faz a incorporação do fertilizante ao solo. O disco turbo tem como característica possuir ondulações em sua confecção. O funcionamento dos sistemas é semelhante, porém há uma deficiência de trabalhos na área.

Outro sistema que também vem sendo usado é o disco e duplo disco, este conjunto é formado por disco de corte de palha liso ou ondulado e de um par de discos, para incorporação de fertilizante. Este sistema tem uma maior dificuldade de penetração no solo, assim é mais recomendado para semeadura em pequenas profundidades.

Para a semeadura de cereais de inverno o sistema usado é o disco duplo, onde as sementes e o fertilizante são depositados pelo mesmo par de discos. Com relação ao corte de palha e à abertura do sulco as semeadoras de grãos graúdos possuem alguns mecanismos, como o sistema disco e sulcador haste, disco liso e disco turbo ou disco turbo e disco turbo, ou disco e disco duplo, que são responsáveis pelo corte de palha e pela deposição do fertilizante. Estes sistemas realizam um bom corte de palha por possuírem um disco de corte. Para deposição das sementes há um par de discos desencontrados (disco duplos) que permitem a regulagem na profundidade desejada através de um par de rodas. O sistema de compactação do solo fica localizado na sequência.

As semeadoras de grãos miúdos possuem, de maneira geral, apenas o sistema de duplo disco onde as sementes e os fertilizantes são depositados pelo mesmo par de discos. No entanto, esta característica supre a necessidade das culturas de grãos miúdos.

As máquinas utilizadas para a semeadura das culturas de inverno ou culturas de grãos miúdos (trigo, aveia, cevada e canola) são denominadas de semeadoras de fluxo contínuo, ou seja, apresentam sistema de distribuição de sementes através de rotores acanalados helicoidais, que distribuem as sementes de forma contínua, diferentemente das semeadoras de grãos graúdos (soja, feijão e milho), que distribuem as sementes de forma mais precisa e individual.

Para verificar o desempenho do sistema de corte de palha é preciso observar o corte de palha e manutenção da cobertura do solo. A avaliação destas características se torna importante para que os produtores tenham segurança que o equipamento está realizando a atividade de corte de palha de forma precisa e correta.

Também é importante observar a quantidade de sementes expostas, a profundidade de semeadura e a distância entre as sementes. No caso de encontrar problemas com estas variáveis se faz necessária uma regulagem no implemento para evitar problemas na formação do estande de plantas e emergência. A velocidade de deslocamento da semeadora é fator importante para o sucesso da semeadura. Recomenda-se entre 3 e 4km/hora para grãos graúdos e de 6 a 8km/hora para grãos miúdos.

No momento da escolha do sistema de corte de palha muitos produtores utilizam fatores relacionados à preferência pessoal, pois poucos trabalhos foram desenvolvidos pela pesquisa para auxiliar nesta escolha. Problemas relacionados às características de solo, tipo de cobertura, umidade e regulagem das semeadoras dificultam trabalhos do gênero.

No IFRS Campus Ibirubá foram realizados trabalhos para avaliar os sistemas de corte de palha com disco e sulcador e disco liso e disco turbo. No entanto, nas condições de solo e de cobertura em que o trabalho foi realizado não foi encontrada diferença entre os sistemas, assim como para as velocidades (3km, 5km e 7km). Sendo assim, ambos os sistemas utilizados, desde que regulados de maneira correta, não apresentaram alteração quanto ao seu desempenho.

Com relação ao custo de cada sistema de corte de palha e abertura do sulco por linha, o sistema disco sulcador haste apresenta um valor 50% mais barato que os sistemas disco e disco turbo ou disco e duplo disco, fator relacionado ao número de rolamento e material usado para a fabricação do disco ser de maior valor.

O mecanismo disco e sulcador, em que o disco é responsável pelo corte da palha (“plantio direto") e o sulcador pela abertura do sulco e deposição de fertilizantes, é o que necessita maior potência dos tratores no momento da semeadura.

Quanto à potência requerida para cada sistema de corte de palha e abertura de sulco, ocorre uma diferenciação. O sistema de disco e sulcador requer uma potência em média de 12cv/linha, enquanto os sistemas disco e disco turbo e disco e duplo disco requerem uma potência de 10cv/linha, gerando menos consumo de combustível e menor desgaste do trator. Já o sistema para grãos miúdos requer, em torno, de 4cv/linha de semeadura.

Estes valores alteram pelo tipo de solo, solos mais pesados exigem maior potência do trator. Há semeadoras mais pesadas, o que também afeta a exigência de potência.

Este artigo foi publicado na edição 136 da revista Cultivar Máquinas. Clique aqui para ler a edição.

ver mais artigos

Darlan de Maria Eickstedt, Marcos Paulo Ludwig

IFRS

CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura