Dupla ação na cultura da cana-de-açúcar

O uso de Trichoderma harzianum vem se consagrando nos sistemas agrícolas brasileiros nos últimos dez anos, muito em função da obtenção do primeiro produto registrado no Brasil a base do fungo Trichoderma hazianum, como fungicida microbiológico, obtido pela Koppert no ano de 2007.

Os dados de campo do TRICHODERMIL SC 1306 celebram a excelência do produto na redução e controle de diferentes alvos, como Fusarium (podridão), Rhizoctonia (mela ou tombamento) e Sclerotinia (mofo branco) para diversas culturas desde grãos, gramíneas e HF.

Seu modo de ação ocorre de maneiras distintas, dentre elas pelo controle de fungos fitopatogênicos, uma vez que o Trichoderma possui alta competência em colonizar solos e sistemas radiculares, o que primeiramente propicia ao fungo a ocupação dos sítios de infecção e por consequência a produção de metabólitos, enzimas (substancias voláteis) que são liberadas pelo Trichoderma gerando uma barreira química aos fitopatógenos, bem como desencadeiam nas plantas uma resposta fisiológica à produção de fitohormonios, o que diretamente maximiza o potencial produtivo das culturas, caracterizando assim a ação de Promoção de Crescimento de Plantas. O Trichoderma ainda possui a capacidade de parasitar escleródios e hifas e fungos causadores de doenças no solo, inviabilizando-os e contribuindo significativamente na redução da incidência de doenças. A solubilização de nutrientes no solo tornando-os disponíveis às plantas também é atribuída a ação do Trichoderma na rizosfera.

Através de muita inovação em pesquisa frente aos diferentes modos de ação do agente biológico de controle Trichoderma harzianum, cepa 1306, constatou-se que alguns metabólitos ou enzimas possuem ação direta sobre populações de nematoides fitopatogênicos, dentre eles o Pratylenchus zeae (nematoide das lesões).

Desde então a Koppert dedicou-se a condução de repetidos campos experimentais bem como ensaios de praticabilidade agronômica contra o alvo Pratylenchus zeae o acarretou na inclusão deste no registro do produto TRICHODERMIL SC 1306, passando para fungicida e nematicida microbiológico através da aprovação do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA) desde setembro de 2017.

Sendo assim além de todos os já conhecidos benefícios e vantagens da utilização desta moderna ferramenta, o produto TRICHODERMIL SC 1306 passa a ter dupla ação (fungicida e nematicida microbiológico) na cultura da cana-de-açúcar combatendo diretamente fungos e nematoides fitopatogênicos.

              

 

 

ver mais artigos

Luciano Olmos Zappelini, gerente de Produção e Desenvolvimento Koppert do Brasil

CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura