​Gesso agrícola: o protagonista da produtividade em tempos de adversidade climática

PUBLIEDITORIAL

A agricultura nacional na atualidade tem enfrentado condições de déficit hídrico ao longo das safras com maior frequência, sejam elas de verão ou inverno. 

Diante deste cenário, técnicos especializados na área recomendam intensificar o investimento na construção do perfil de solo, principalmente em regiões mais susceptíveis aos chamados  “veranicos”, ou naquelas onde o volume de chuvas cessam mais cedo, ou ainda, em casos de plantio de lavouras antes da época ideal de semeadura, período o qual  há irregularidade de chuvas.

Como o gesso agrícola pode trazer maior segurança para a safra ?

O uso do gesso agrícola promove a correção das propriedades químicas do solo que limitam o desenvolvimento do sistema radicular nas camadas mais profundas. 

Desta forma, sua aplicação, conforme critérios técnicos, promove o crescimento em volume e profundidade das raízes das culturas, fazendo com que a planta absorva mais água e  nutrientes necessários para seu desenvolvimento e produção.

Isto contribui para a redução do estresse hídrico das plantas, minimizando riscos climáticos durante as safras, pois há melhor aproveitamento da água disponível no solo, quando se tem maior volume de raízes explorando o perfil do solo.

É por isto que afirmamos hoje que o gesso representa um importante seguro contra a seca!

E de que forma age o gesso?

Fornecendo  cálcio (Ca) móvel na forma de sulfato, que, diferentemente do cálcio contido no calcário, se desloca para camadas mais profundas, disponibilizando este nutriente ao longo do perfil do solo para melhor absorção e crescimento das raízes.

Além do cálcio, o gesso agrícola contém o enxofre, nutriente essencial exigido em grandes quantidades pelas culturas para o desenvolvimento vegetal e formação de grãos, frutos, colmos, folhas e tubérculos.

E, reduz eficientemente a atividade do alumínio tóxico em camadas mais profundas do solo (sub superfície) favorecendo o crescimento e desenvolvimento do sistema radicular das plantas em comprimento e distribuição no perfil.

O gesso agrícola melhora a eficiência no uso de água presente no solo

Então, confira agora porque o gesso agrícola é importante para altas produtividades:

  • Complementa a nutrição da planta com nutrientes fundamentais (Ca e S) que não estão presentes em alguns tipos de fertilizantes, em especial, aqueles classificados de alta concentração, para um melhor equilíbrio nutricional;
  • Melhora a eficiência no uso de água presente no solo, devido à melhor distribuição e exploração do sistema radicular no perfil do solo;
  • Gera um ambiente livre de elementos, tóxicos, principalmente o alumínio, que intervém negativamente no crescimento e desenvolvimento das raízes;
  • Auxilia na melhoria dos índices de qualidade dos solos, pois com maior quantidade de raízes formadas, há incremento do estoque de carbono orgânico no perfil do solo;
  • Estudos de campo desenvolvidos pela Mosaic nas safras 19/20  e 20/21 nos estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Minas Gerais,  demonstram incrementos médios de 4,8 sc/ha na cultura da soja, 6 sc/ha na cultura de milho 2ª. safra e 6@ de carcaça/ha em pastagens cultivadas, onde foi aplicado o gesso, comparado a áreas onde não houve aplicação do produto.

Saiba mais clicando aqui!

Eng. Agr. MSc. Gustavo Dalto, Especialista de desenvolvimento de mercado para especialidades agrícolas e fertilizantes convencionais – Mosaic Fertilizantes P & K Ltda.

ver mais artigos
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura