Gigantes do cerrado

A necessidade de operações rápidas, eficientes e com alta qualidade é uma exigência da agricultura competitiva. Em pulverizações de produtos químicos, essas características proporcionam ao agricultor a possibilidade de trabalhar com dosagens corretas do produto nos períodos do dia em que possui as melhores condições ambientais, resultando em lavouras mais produtivas com baixo custo, ou seja, mais dinheiro no bolso do produtor.

A alta produtividade e a grande precisão dos pulverizadores da AgChem é reconhecida mundialmente e serve como referência para equipamentos de ponta nas aplicações agrícolas. A AGCO do Brasil está lançando sua nova linha de Pulverizadores RoGator 2004, nos modelos 864 com tanque de três mil litros e o 1264 Combo de 4.500 litros. São máquinas versáteis que permitem pulverizar líquidos e aplicar sólidos, granulados e calcários. Esses pulverizadores não são mais novidade para o grande produtor brasileiro, pelo menos para quem vive e trabalha no Cerrado, onde 15 equipamentos já estão em funcionamento.

(Veja no final do texto como visualizar este artigo, com fotos e tabelas, em PDF).

O projeto Rogator contempla o conforto do operador e uma alta capacidade de trabalho. As principais características para o alto rendimento de trabalho são suas barras de 30m de largura, o motor Caterpillar de alta potência e a possibilidade de atingir velocidades maiores durante a operação, tais condições permitem a esses equipamentos fazer mais de 700 hectares por dia de trabalho.

A grande largura de aplicação aliada à alta velocidade se destaca no campo, onde o usuário pode comprovar na prática o funcionamento do sistema de estabilização da barra, a qual é fixa em um único ponto absorvendo as oscilações provenientes das irregularidades do terreno mantendo estável o barramento. Outro diferencial é o chassis flexível FlexFram, uma exclusividade que proporciona um maior grau de torção e, mesmo em condições difíceis, não perde o contato com o solo e nem a tração. Também essa velocidade poderia ser uma preocupação para o operador, porém esse tem grande conforto no trabalho, devido ao assento com suspensão pneumática e a suspensão do próprio equipamento.

O conforto é tido como ponto forte do Rogator. Na hora de operar o equipamento, ao soltar o freio de estacionamento, a escada sobe automaticamente e ele está pronto para rodar. A cabine é pressurizada com filtros de carvão ativado, ar acondicionado e visibilidade de 360º, permitindo a observação total das barras de aplicação.

Os comandos têm uma disposição ergonômica e se encontram ao alcance da mão. São operados mediante uma alavanca multifunção, que também comanda o avanço da máquina. Concentra ainda os principais controles tornando o trabalho simples e fácil, sem fadiga do operador e com maior qualidade na execução do mesmo. Também as principais funções da pulverização são monitoradas e controladas por um computador de bordo, o Raven, que é fornecido como equipamento básico, que libera o operador de tarefas cansativas podendo monitorar e imprimir ainda mais qualidade ao trabalho. Como opcional também pode estar equipado com controlador Falcon, o que habilita o equipamento para a agricultura de precisão, permitindo fazer aplicações à taxa variável com base em programações agronômicas.

As facilidades operacionais passam pela transmissão hidrostática de quatro marchas com tração nas quatro rodas, além de propiciar máxima tração em todos os terrenos, o que é mais uma causa para o equipamento atingir até uma velocidade de 52 km/h. A bitola é ajustada da cabina mediante controles hidráulicos, inclusive permitindo trabalhar com bitolas diferentes na frente e na parte traseira, reduzindo a compactação do solo.

A barra de pulverização, dividida em cinco seções, pode ser aberta e fechada mediante válvulas elétricas colocadas sobre a mesma. Portabicos triplos permitem a troca de bico com um simples giro do conjunto com a mão, também possui dispositivos antigotejos em todas as pontas, assim o contato do operador com o equipamento em trabalho e o produto químico é mínimizado, bem como os riscos de contaminação do trabalhador e do ambiente.

O tanque dos RoGator é de aço inox, único no Brasil, permitindo maior limpeza do equipamento eliminando resíduos da aplicação anterior. Para facilitar a limpeza da máquina há um tanque de água limpa e um sistema de autolimpeza que lava, além do tanque de produto, também as barras.

O RoGator 1264 Combo possui a versatilidade de trabalhar com produtos líquidos e sólidos. Por vezes é um pulverizador de 4500 litros, que simplesmente ao trocar o tanque de líquido por um depósito para fertilizantes sólidos, transforma-o em um aplicador de sólidos. Estes equipamentos estão com o sistema de agricultura de precisão de fábrica, sendo muito usados em prestações de serviços na venda de fertilizantes aplicados com a taxa variável, já que muitas áreas no Brasil se encontram mapeadas e prontas para este tipo de aplicação. Para a aplicação de granulados há uma barra denominada Airmax, que aplica granulados em uma faixa de trabalho de 21m com absoluta precisão e rapidez. A caçamba pode levar 6.000 kg e trabalhar com ótima aplicação a 35 km/h, inclusive com dias de vento.

O RoGator é um pulverizador ideal para as grandes lavouras. Presta um excelente serviço onde há necessidade de um serviço rápido e preciso mesmo sob condições extremas, como por exemplo, nas lavouras de cana de açúcar onde o trabalho é extremamente pesado.

Equipe Cultivar Máquinas

* Este artigo foi publicado na edição número 25 da revista Cultivar Máquinas, de novembro de 2003.

* Confira este artigo, com fotos e tabelas, em formato PDF. Basta clicar no link abaixo:

/arquivos/m25_gigantes.pdf ver mais artigos
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura