Manutenção do filtro de ar em máquinas agrícolas

A manutenção correta do filtro de ar prolonga significativamente a vida útil do motor e as trocas periódicas são fundamentais para o bom funcionamento do motor e conseqüente redução no consumo de combustível.

Três fatores são necessários para se ter uma boa combustão: combustível, oxigênio e calor. O combustível deve apresentar qualidade de acordo com normas da Agencia Nacional de Petróleo (ANP). O oxigênio é fornecido pelo ar e o calor é necessário para acelerar as reações químicas da combustão.

No Brasil, os tratores são movidos por motores Diesel de quatro tempos. No primeiro tempo do motor denominado de admissão, o pistão sai do ponto morto superior (posição onde o pistão inverte o sentido) e vai para o ponto morto inferior, criando uma depressão no interior do cilindro. Estando a válvula de admissão aberta, o ar é aspirado para o interior do cilindro.

Quando o ar vai para dentro do cilindro, carrega consigo partícula de poeira que danificam as peças móveis do motor. Estas partículas aderem à parede do cilindro, passam através dos anéis e vão para o carter. Além de terem efeito abrasivo e desgastar prematuramente as camisas pistões e anéis, estas partículas também contaminam o óleo lubrificante.

O óleo lubrificante é o elemento que mais afeta a vida útil do motor, além de interferir no seu bom funcionamento. Quando o óleo é contaminado por partículas de poeira (sílica), estas afetam suas características como viscosidade e ação de promover a limpeza interna do motor, favorecendo a formação de borras o que compromete a boa lubrificação e conseqüentemente aumenta o desgaste das peças móveis e o consumo de combustível.

O papel do filtro de ar é justamente remover estas partículas e fornecer ao motor um ar limpo. Existem vários modelos de filtro de ar, mas o mais utilizado atualmente é o de elemento seco.

FILTROS ANTIGOS

Os tratores mais antigos, ainda utilizam o filtro de ar denominado “banho de óleo”. Neste tipo de filtro de ar, existe um compartimento para depositar o óleo e um elemento filtrante tipo palha de aço. Quando o ar é succionado para o interior do cilindro, primeiro passa por um ciclone denominado de pré-filtro onde a sujeira mais grossa como areia e palha é eliminada devido à ação da força centrífuga.  Em seguida, o ar força o óleo a embebedar a palha de aço por onde o ar circula e a poeira fica retida devido à aderência do óleo.

Para este tipo de filtro de ar é recomendado limpeza diária em condições de muita poeira. Na limpeza é necessário trocar o óleo (não é recomendado usar óleo queimado) e lavar a palha de aço com algum solvente. Este tipo de elemento filtrante caiu em desuso devido à baixa eficiência (não remove adequadamente a poeira) além de requerer muita mão de obra na limpeza.

O filtro de ar tem diferentes localizações dependendo do trator.
O filtro de ar tem diferentes localizações dependendo do trator.

FILTROS DE PAPEL

Com evolução dos tratores, a filtragem de ar a banho de óleo foi substituída pelo elemento seco. O filtro com elemento seco consiste de um cilindro de papel filtrante sanfonado e um filtro interno de feltro. A porosidade do papel filtrante retém as partículas de poeira com mais eficiência e é bem mais fácil de limpar. Só o filtro de papel permite limpeza, o filtro interno de feltro necessita ser substituído após determinado período de uso.

Normalmente os tratores que utilizam filtro de ar com elemento seco possuem um indicador para mostrar que o filtro se encontra saturado e esta na hora de limpá-lo. A recomendação é que se limpe o filtro apenas quando o indicador estiver mostrando que esta na hora de limpar.

Algumas pessoas, por excesso de zelo, limpam o filtro diariamente, mas isto não é recomendado. A eficiência do elemento filtrante aumenta com um pouco de sujeira. Ou seja: o filtro só deve ser limpo quando o indicador mostrar.

Para se limpar o filtro, com elemento seco, é recomendado utilizar ar comprimido. O jato de ar deve ser direcionado de dentro para fora e a certa distância para evitar que o papel rasgue. Após a limpeza recomendava-se ir para um local escuro e colocar uma lâmpada dentro do elemento filtrante para observar possíveis fissuras e trincas no papel. Caso sejam observadas estas trincas, o elemento deve ser substituído. Mas este teste não revela falhas microscópicas que possam permitir a passagem de poeira fina e conseqüentemente comprometendo a vida útil e o bom funcionamento do motor.

Tratores mais antigos utilizam filtros denominados banho de óleo.
Tratores mais antigos utilizam filtros denominados banho de óleo.
Tratores mais antigos utilizam filtros denominados banho de óleo.
Tratores mais antigos utilizam filtros denominados banho de óleo.

TROCAR NA HORA CERTA

Atualmente todos os tratores saem de fabrica equipados com filtro de ar com elemento seco e a recomendação é que o elemento seja trocado quando o indicador mostrar. Um teste que deve ser realizado periodicamente é colocar um pedaço de tábua ou papelão na entrada da boca do filtro e acelerar levemente o motor. Caso o indicador do filtro não se acione, isto indica que o sistema de acionamento do indicador não esta funcionando corretamente.

Nos motores turbo alimentados, além da sucção realizada pelo cilindro, também existe um compressor que auxilia a entrada do ar para dentro da câmara de combustão. Neste caso, após o ar passar pelo sistema de filtragem, pelo turbo compressor (que é uma ventoinha) que aumenta a pressão quando o ar é direcionado para o interior do cilindro.

Existe uma idéia errônea de que o gás que sai pelo tubo de descarga, volte para ser queimado de novo. O que acontece é o seguinte: após a queima do combustível, no quarto tempo de motor (escape) os gases queimados são eliminados pelo tubo de descarga. Estes gases possuem uma energia cinética (velocidade e pressão) que movimentam uma turbina conectada a um compressor que impulsiona o ar limpo para o interior do cilindro, ou seja: os gases queimados apenas movimentam a turbina mas não retorna para a câmara de combustão.

Como esta turbina trabalha em altas rotações, o que é muito importante quando se dá a partida pela manhã (motor frio) é esperar aproximadamente 15 segundos antes de colocar o motor em regime de trabalho para que o óleo lubrificante possa atuar nas partes móveis da turbina.

Outro item que equipa alguns motores Diesel, principalmente em caminhões mas também é utilizado em tratores de grande potência é o intercooler ou turbocooler. Este componente esfria o ar antes que este entre no cilindro.

O ar, antes de entrar no cilindro, passa pelo filtro de ar, pela turbina e em seguida por um radiador frio. Ao passar pelo radiador, o ar esfria e conseqüentemente diminui o volume, ou seja: a quantidade (massa) de ar que entra no cilindro é maior pelo fato deste estar frio, portanto a queima do combustível é mais completa aumentando a potência do motor.

Concluindo, o sistema de limpeza e filtragem do ar, assim como o indicador de restrição da passagem de ar, deve estar em perfeito funcionamento para que o motor possa trabalhar adequadamente por um longo período.

A limpeza dos filtros de papel exige cuidados para evitar que o papel rasgue e inutilize o elemento filtrante.
A limpeza dos filtros de papel exige cuidados para evitar que o papel rasgue e inutilize o elemento filtrante.


Roberto da Cunha Mello, IAC


Artigo publicado na edição 157 da Cultivar Máquinas. 

ver mais artigos
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura