Quais as melhores populações de plantas e épocas de plantio do algodão

Mato grosso hoje figura como o maior produtor de fibra de algodão do Brasil com 600 mil hectares de área plantada, dessas 600 mil 33% é plantado na região do Parecis, cerca de 200 mil hectares sendo que 100% é plantio safrinha onde colhe se a soja entre final de Dezembro e inicio de Janeiro e em seguida planta o algodão.

Esse sistema de produção ganhou força devido às boas condições pluviométricas da região que tem em média 1600 mm acumulado no ano atendendo perfeitamente as exigências hídricas do algodoeiro que é de 800 a 1200 mm, porem é necessário que se faça ajustes de população e época de plantio levando em consideração o ciclo da cultivar utilizada.

A escolha da época de plantio deve se levar em consideração principalmente o ciclo da variedade a ser plantada e fatores climáticos enquanto que a escolha da população de plantio adequado preciso levar em consideração fatores climáticos, fertilidade do solo comportamento da variedade a ser plantada e o manejo a ser utilizado.

 Com a introdução de novas variedades, algumas mais compactas e de menor ciclo há necessidade de novos estudos para definir quais as melhores populações de plantas, visando melhorar não só a quantidade, mas também as qualidades tecnológicas das fibras, buscando a melhor adequação dessas às necessidades da indústria.

Material e Métodos

O experimento foi realizado na safra 15-16 na fazenda Planorte que pertence a empresa SLC – Agricola localizada no município de Sapezal-MT coordenadas: Lat.: S 13°.57’42.7”; Long.: W 58°53’32.7”; Alt.: 627 m.

O delineamento experimental utilizado foi o DBC com quatro repetições. Foi utilizado três cultivar FiberMax sendo FM 983GLT, FM 954GLT e FM 906GLT de ciclo Tardio, Médio e Precoce respectivamente, quatro populações sendo 55, 85, 100 e 130 mil plantas por Hectares e três épocas de plantio sendo 06/01/2016; 16/01/2016 e 26/01/2016. A parcela experimental foi composta por 4 linha de 5 metro e considerado área útil as 2 linhas centrais, espaçamento de plantio utilizado de 0,76 metros. O plantio foi realizado manualmente e o ajuste de população foi feito as 20 dias após a emergência com desbastes. A colheita para estimativa de produtividade foi realizada manualmente nas duas linhas centrais. Para avaliação tecnológica da fibra, peso de capulho e rendimento de fibra foi colhido 3 plantas inteiras.

Resultados e Discussão

Variedade FM 983GLT

Segue abaixo as tabelas com as médias das variáveis estudadas para a variedade FM 983GLT, as variáveis Altura de Planta, Peso de Capulho, Produtividades em pluma, SFI, não tiveram diferença estatística sendo, portanto variáveis que não são interferidas por população e época de plantio para essa variedade. O Índice de Fiabilidade (SCI) que é uma estimativa de fiabilidade calculada apartir das variáveis, Microner, Comprimento, Resistencia, Uniformidade e Brilho da fibra apesar de está todos dentro dos padrões aceitáveis pelo mercado, o plantio na população de 130.000 plantas por hectares na primeira época de plantio se sobre saiu sobre as demais, isso é devidos a interferência da época de plantio e população nos fatores que tem maior pelo no calculo do índice sendo eles Comprimento e Resistencia.

Tabela 1. Altura média de plantas em centímetro da cultivar FM 983GLT em três épocas de plantio, safra 15/16, cultivado em Sapezal - MT.
Tabela 1. Altura média de plantas em centímetro da cultivar FM 983GLT em três épocas de plantio, safra 15/16, cultivado em Sapezal - MT.
Tabela 2. Peso médio de capulho em gramas da cultivar FM 983GLT em três épocas de plantio na safra 15/16, cultivado em Sapezal -MT.
Tabela 2. Peso médio de capulho em gramas da cultivar FM 983GLT em três épocas de plantio na safra 15/16, cultivado em Sapezal -MT.
Tabela 3. Produtividade média em @/ha de algodão em pluma da cultivar FM 983GLT em três épocas de plantio na safra 15/16 cultivado em Sapezal - MT.
Tabela 3. Produtividade média em @/ha de algodão em pluma da cultivar FM 983GLT em três épocas de plantio na safra 15/16 cultivado em Sapezal - MT.
Tabela 4. Média de SFI em % da cultivar FM 983GLT em três épocas de plantio na safra 15/16 cultivado em sapezal - MT.
Tabela 4. Média de SFI em % da cultivar FM 983GLT em três épocas de plantio na safra 15/16 cultivado em sapezal - MT.
Tabela 5. Média de SCI em % da cultivar FM 983GLT em três épocas de plantio na safra 15/16 cultivado em sapezal - MT.
Tabela 5. Média de SCI em % da cultivar FM 983GLT em três épocas de plantio na safra 15/16 cultivado em sapezal - MT.

Variedade FM 954GLT

Segue abaixo as tabelas com as médias das variáveis estudadas para a variedade FM 954GLT, as variáveis Altura de Planta, Produtividades em pluma, SFI e SCI não tiveram diferença estatística sendo, portanto variáveis que não são interferidas por população e época de plantio para essa variedade. O peso de capulho teve um ganho significativo na população de 100.000 plantas por hectares na segunda época de plantio, porem como podemos ver na tabela de produtividade isso não se converteu em melhor produtividade o que nos leva a concluir que somente peso de capulho não é o fator determinante na produtividade final a quantidade de maças pega pode ser mais importante do que peso de capulho.

Tabela 6. Altura média de plantas em centímetros da cultivar FM 954GLT em três épocas de plantio, safra 15/16, cultivado em Sapezal - MT.
Tabela 6. Altura média de plantas em centímetros da cultivar FM 954GLT em três épocas de plantio, safra 15/16, cultivado em Sapezal - MT.
Tabela 7. Peso médio de capulho em gramas da cultivar FM 954GLT em três épocas de plantio na safra 15/16, cultivado em Sapezal -MT.
Tabela 7. Peso médio de capulho em gramas da cultivar FM 954GLT em três épocas de plantio na safra 15/16, cultivado em Sapezal -MT.
Tabela 8. Produtividade média em @/ha de algodão em pluma da cultivar FM 954GLT em três épocas de plantio na safra 15/16 cultivado em Sapezal - MT.
Tabela 8. Produtividade média em @/ha de algodão em pluma da cultivar FM 954GLT em três épocas de plantio na safra 15/16 cultivado em Sapezal - MT.
Tabela 9. Média de SFI em % da cultivar FM 954GLT em três épocas de plantio na safra 15/16 cultivado em sapezal - MT.
Tabela 9. Média de SFI em % da cultivar FM 954GLT em três épocas de plantio na safra 15/16 cultivado em sapezal - MT.
Tabela 10. Média de SCI em % da cultivar FM 954GLT em três épocas de plantio na safra 15/16 cultivado em sapezal - MT.
Tabela 10. Média de SCI em % da cultivar FM 954GLT em três épocas de plantio na safra 15/16 cultivado em sapezal - MT.

Variedade FM 906GLT

Segue abaixo as tabelas com as médias das variáveis estudadas para a variedade FM 906GLT, as variáveis Altura de Planta, SFI e SCI não tiveram diferença estatística sendo, portanto variáveis que não são interferidas por população e época de plantio para essa variedade. O peso de capulho teve um ganho significativo na população de 55.000 plantas por hectares na primeira época de plantio, por a variedade ser precoce provavelmente a maior porcentagem desses capulhos seja do ponteiro onde temos capulhos mais pesados, sendo que o baixeiro veio a perder por apodrecimento em virtude da alta umidade no momento da abertura dos primeiros capulhos tendo maior quantidade de apodrecimento teve menor quantidade de capulhos o que justifica que apesar de termos um bom peso de capulho não tivemos a melhor produtividade conforme podemos observar na tabela de produtividade média. Para produtividade destacamos a população de 100.000 plantas por hectares na segunda época de plantio e segundo maior peso de capulho.

Tabela 11. Altura média de plantas em centímetro da cultivar FM 906GLT em três épocas de plantio, safra 15/16, cultivado em Sapezal - MT.
Tabela 11. Altura média de plantas em centímetro da cultivar FM 906GLT em três épocas de plantio, safra 15/16, cultivado em Sapezal - MT.
Tabela 12. Peso médio de capulho em gramas da cultivar FM 906GLT em três épocas de plantio na safra 15/16, cultivado em Sapezal -MT.
Tabela 12. Peso médio de capulho em gramas da cultivar FM 906GLT em três épocas de plantio na safra 15/16, cultivado em Sapezal -MT.
Tabela 13. Produtividade média em @/ha de algodão em pluma da cultivar FM 906GLT em três épocas de plantio na safra 15/16 cultivado em Sapezal - MT.
Tabela 13. Produtividade média em @/ha de algodão em pluma da cultivar FM 906GLT em três épocas de plantio na safra 15/16 cultivado em Sapezal - MT.
Tabela 14. Média de SFI em % da cultivar FM 906GLT em três épocas de plantio na safra 15/16 cultivado em sapezal - MT.
Tabela 14. Média de SFI em % da cultivar FM 906GLT em três épocas de plantio na safra 15/16 cultivado em sapezal - MT.
Tabela 15. Média de SCI em % da cultivar FM 906GLT em três épocas de plantio na safra 15/16 cultivado em sapezal - MT.
Tabela 15. Média de SCI em % da cultivar FM 906GLT em três épocas de plantio na safra 15/16 cultivado em sapezal - MT.

Conclusão

Para a variedade FM 983GLT não houve interferência da população e época de plantio sobre fatores agronômicos como altura e peso de capulho, porem teve interferência significativa na qualidade da fibra.

Para a variedade FM 954GLT houve interferência da população e época de plantio sobre o peso de capulho, porem não interferiu na produtividade final e na qualidade tecnológica da fibra.

Para a variedade FM 906GLT houve interferência da população e época de plantio sobre o peso de capulho e produtividade final, porem não interferiu na qualidade tecnológica da fibra.  

Primeira época de plantio
Primeira época de plantio


Segunda época de plantio
Segunda época de plantio


Terceira época de plantio
Terceira época de plantio


Sinésio Morais, Rogerio Ferreira, Filipe Sanches, Thiago Matias, Jose Ari, Vitor Freitas, Adalbert Neto, Equipe de Desenvolvimento Agronômico de algodão FiberMax/BASF

ver mais artigos
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura