Aplicação eficiente de fungicidas e inseticidas

  • Página 34 |
  • Jun 2020 |
  • Antônio A. C. Tavares, João V. Oliveira, José G. C. Theodoro, Waldyr A. B. Cunha, Adenilson S. Silva, Matheus P. Ronqui e Rone B. Oliveira, Univ. Estadual do Norte do Paraná (Uenp)

A mistura em tanque de fungicidas curativos e protetores com inseticidas e adjuvantes é uma prática comum e essencial na cultura da soja devido à redução dos custos e ao aumento da eficiência no manejo de pragas e doenças. Para melhorar o controle realizado pelos defensivos, é necessário que estes estejam distribuídos de maneira uniforme e em quantidade adequada em todo o dossel da planta. A adição de Nutrol Max à calda de pulverização promove mudanças na qualidade da aplicação (deposição e cobertura) por alterar as propriedades físico-químicas da calda e, consequentemente, aumentar o espalhamento e a interação que os defensivos terão com a superfície foliar. Nutrol Max é um óleo metilado premium multifuncional sem tempo de ruptura, composto por éster metílico de óleos vegetais associado a repelente de inseto. É um concentrado emulsionável de óleos refinados biodegradáveis, podendo substituir outros óleos emulsionáveis em água, como os vegetais e minerais. Apresenta alta solubilidade e compatibilidade com defensivos e suas misturas, como as novas biotecnologias (Dicamba). Não causa fitotoxicidade e efeito lupa, sendo eficiente em baixa dose. Nesse contexto, o objetivo do trabalho foi avaliar o depósito e a cobertura das gotas da mistura de fungicida e inseticida com e sem adição de Nutrol Max aplicada com pontas de pulverização de jato plano simples, cone cheio e cone vazio.

METODOLOGIA

A pesquisa foi conduzida pela equipe do laboratório do Núcleo de Investigação em Tecnologia de Aplicação e Máquinas Agrícolas (Nitec) da Universidade Estadual do Norte do Paraná (Uenp), em Bandeirantes, Paraná. O ensaio foi realizado a campo, composto por seis parcelas de 10m de largura x 10m de comprimento, espaçadas em 5m entre si. Os tratamentos seguiram o esquema fatorial 2 x 3, duas caldas pulverizadas por três modelos de pontas de pulverização. As caldas utilizadas foram compostas pela mistura do fungicida trifloxistrobina, 150g/L + protioconazol, 175g/L na dose 0,4L/ha com o inseticida tiametoxam, 141g/L + lambda-cialotrina, 106g/L na dose de 0,35L/ha com e sem adição de Nutrol Max a 0,1%, v/v. No preparo das misturas foi adicionado marcador azul brilhante na concentração de 6g/L. As pontas utilizadas foram de jato plano simples AXI 11002 (400kPa), jato cone cheio JFC 8002 (700kPa), ambas gerando gotas finas, e jato cone vazio ATR 2.0 (700kPa), gotas muito finas. O espaçamento entre pontas utilizado foi de 0,5m. Para a ponta AXI11002, a pulverização foi realizada na velocidade de 11km/h com altura de barra 0,5m do ponto mais alto da lavoura. Para as pontas JFC 8002 e ATR 2.0, a velocidade de aplicação foi de 14,5km/h, enquanto a altura da barra foi 0,75m. A taxa de aplicação foi de 100L/ha, para todas as pulverizações. Durante a realização do ensaio, a temperatura foi de 27oC±1,0, umidade relativa do ar de 32±2% e velocidade do vento de 9,45km/h±1,2 com predominância do vento na direção SW. Foram coletados folíolos em 20 pontos amostrais para cada tratamento. Para a análise de depósito foi utilizada a técnica de espectrofotometria e para a análise de cobertura, foi utilizado software de análises de imagens (WinDias).

RESULTADOS

Na Figura 1 estão apresentados os resultados de depósito (a) e cobertura (b) no estrato inferior das plantas, e na Figura 2 a distribuição espacial das gotas no alvo em função dos modelos de pontas de pulverização sem e com Nutrol Max.


CONSIDERAÇÕES

A eficiência da aplicação, entre outras coisas, depende da calda de pulverização e da ponta utilizada. O aumento da qualidade da calda proporcionado pelo Nutrol Max combinado com a ponta ATR 2.0 (gotas muito finas) foi a associação que mais aumentou o depósito e a cobertura no terço inferior das plantas, em comparação com a mistura isolada dos defensivos.


Antônio A. C. Tavares, João V. Oliveira, José G. C. Theodoro, Waldyr A. B. Cunha, Adenilson S. Silva, Matheus P. Ronqui e Rone B. Oliveira, Univ. Estadual do Norte do Paraná (Uenp)

Edição Anterior
  • N 252

    Mai 2020

    Paladar eclético da falsa medideira

CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura